Os cupins são insetos que comem madeira. Eles podem danificar casas, móveis e outros objetos. Existem mais de 1.500 espécies de cupins. Eles são muito comuns nas florestas tropicais.

Os cupins constroem seus ninhos, chamados cupinzeiros, em bosques ou debaixo da terra. Alguns ninhos subterrâneos despontam acima do solo, formando montículos ou torres. Os cupinzeiros são feitos de terra, argila e madeira mastigada.

Os cupins vivem em grupos organizados chamados colônias. Cada colônia abriga três tipos de cupim: o casal reprodutor, os soldados e os operários. Cada tipo de cupim exerce uma função dentro da colônia.

O casal reprodutor é formado por um rei e uma rainha. Esses cupins têm asas e olhos. A rainha pode atingir mais de 10 centímetros de comprimento. O rei é menor.

Uma vez ao ano, novos casais reprodutores, nascidos no cupinzeiro, deixam o ninho. Cada casal inicia uma nova colônia, e logo as jovens rainhas começam a botar ovos. Elas botam de 3 mil a 5 mil ovos por dia.

Os soldados e os operários são acinzentados, cegos e sem asas. Em geral, medem menos de 1 centímetro de comprimento. Os soldados protegem a colônia contra inimigos, principalmente as formigas. Os operários trazem alimento para a colônia.

Os cupins comem principalmente madeira. Eles atacam árvores, mourões de cerca, casas e móveis, geralmente destruindo-os. Porém os cupins também ajudam a natureza ao transformar madeiras podres em nutrientes, que depois são utilizados por bactérias e plantas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.