O elemento químico enxofre é conhecido há muito tempo. Ele é chamado também de súlfur; por isso, quando falamos que algo contém enxofre, dizemos que é “sulfúrico”. O enxofre queima com muita facilidade. O homem pré-histórico já o usava para fazer pinturas nas cavernas. E foi, também, uma das primeiras substâncias a serem usadas como medicamento. Na ciência, usam-se símbolos para representar os elementos químicos. O do enxofre é S.

Onde o enxofre é encontrado

A maior parte do enxofre encontrado em estado livre no mundo é obtido de imensas formações abobadadas localizadas nos pântanos da Luisiana, nos Estados Unidos, e no golfo do México. O enxofre também é encontrado em estado razoavelmente puro em áreas de vulcões, especialmente na ilha italiana da Sicília e no Japão. O carvão, o petróleo, o gás natural e certos minerais contêm compostos sulfúricos, ou seja, misturas de enxofre com outros elementos. Os cientistas descobriram como separar o enxofre desses compostos, de modo que possa ser usado.

Propriedades

O enxofre puro é um sólido amarelo-claro que não tem gosto nem cheiro e possui estrutura de cristal. Não é bom condutor de eletricidade nem se dissolve na água. Combinado com o oxigênio, forma o dióxido de enxofre, um gás tóxico pesado e sem cor, de cheiro forte e desagradável. São produzidas grandes quantidades de dióxido de enxofre quando combustíveis que contêm enxofre, como o carvão e o petróleo, são queimados. O dióxido de enxofre é a principal causa da poluição do ar em áreas industriais e é, em grande parte, responsável pelo tipo de poluição conhecido como chuva ácida. Outra combinação de enxofre com oxigênio é o ácido sulfúrico, uma das substâncias químicas de maior valor.

Muitos dos compostos que o enxofre forma com outros elementos chamam-se sulfetos e sulfatos. O sulfeto de hidrogênio, que provoca o mau cheiro nos ovos podres, é produzido naturalmente pela decomposição de substâncias orgânicas que contêm enxofre. Também está presente na fumaça dos vulcões e em águas minerais.

Usos e aplicações

O principal uso do enxofre é na produção de ácido sulfúrico. Este, por sua vez, é utilizado na fabricação de fertilizantes, pigmentos, tintas, medicamentos, explosivos, fibras, detergentes e muitos outros produtos. O enxofre não convertido em ácido sulfúrico é usado na produção de papéis, inseticidas, fungicidas, corantes, conservantes de alimentos etc. O enxofre é usado também para vulcanizar a borracha, ou seja, torná-la mais resistente.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.