Uma epidemia acontece quando uma doença infecta um grande número de pessoas ao mesmo tempo. Quando uma epidemia se espalha, é chamada de pandemia. A doença que causa uma epidemia é transmitida de pessoa para pessoa ou por outros meios, como picadas de insetos e ingestão de água contaminada.

A humanidade já enfrentou diversas epidemias fatais. Na Europa, por volta de 1300, uma doença chamada peste matou 25 milhões de pessoas e ficou conhecida como Peste Negra. Surtos menores da peste atingiram cidades europeias nos trezentos anos seguintes. Em 1918-1919, houve uma pandemia mortal provocada pelo vírus da gripe. Mais de 20 milhões de pessoas morreram em todo o mundo.

As epidemias não são mais tão comuns como antigamente. Há mais higiene e a medicina evoluiu bastante, o que contribuiu para diminuir a propagação de doenças. Mas epidemias de doenças como malária e cólera ainda ocorrem em várias partes do mundo. A aids (síndrome da imunodeficiência adquirida) apareceu nos anos 1980 e se espalhou rapidamente, principalmente na África. Em 2003, uma gripe chamada SARS (síndrome respiratória aguda grave) virou epidemia. A SARS teve início na Ásia e se dissipou pelo mundo em poucos meses.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.