Uma era do gelo — também chamada de período glacial ou era glacial — é um período de tempo em que espessas camadas de gelo chamadas geleiras ou glaciares cobrem vastas extensões de terra. Uma era do gelo pode durar milhões de anos e causar grandes mudanças na superfície do planeta. Houve várias eras do gelo ao longo da história da Terra.

A mais recente era do gelo

A era glacial mais recente começou há 1,8 milhão de anos e acabou por volta de 10 mil anos atrás. Durante esse período, grandes geleiras se formaram no polo Norte e se dispersaram para o sul. Muitas vezes elas não se derretiam completamente, ocupando áreas menores. Houve épocas em que os glaciares cobriram todo o Canadá, boa parte dos Estados Unidos e quase todo o noroeste da Europa. O gelo tinha centenas ou milhares de metros de espessura.

As terras exatamente ao sul das geleiras eram mais frias do que são hoje. O solo próximo às bordas delas ficava permanentemente congelado. Apesar disso, havia alguma variedade de plantas e animais. Poucas árvores conseguiam crescer, mas a grama e algumas plantas com flores cobriam o solo durante as estações mais quentes. Muitos mamíferos grandes, como a rena, o boi-almiscarado e o lanudo mamute, vagavam pela terra. No final da última era do gelo, os seres humanos, já mais evoluídos, viviam também ao sul das geleiras.

Causas e efeitos

Os cientistas não sabem ao certo o que provocou as eras do gelo. Uma das causas podem ser as mudanças de órbita da Terra em torno do Sol, que teriam feito algumas partes do planeta receber menos calor em determinadas épocas. Outra causa possível é a troca de quantidades de poeira e de gases no ar. Mais poeira e menos gases teriam provocado o esfriamento da superfície terrestre.

Quaisquer que sejam as causas, a última era do gelo deixou marcas permanentes. O gelo em deslocamento carregava pedregulhos, areia, terra, argila e até blocos de pedra. Porém, quando ele derreteu, esses materiais foram deixados para trás em pilhas, cristas ou outras formações. Muitos lagos se formaram nos lugares em que houve derretimento. O gelo derretido provocou também a elevação do nível do mar. Conforme as terras próximas ao mar eram inundadas, a linha costeira se deslocava para o interior. Finalmente, o grande peso dos lençóis de gelo fez a terra afundar em alguns lugares. Mas, à medida que as geleiras recuaram, esse terreno voltou lentamente a subir.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.