No Brasil, existem várias plantas que recebem o nome de erva-cidreira devido a suas características semelhantes. Todas elas são aromáticas, têm sabor cítrico e efeito calmante e digestivo. As mais conhecidas são a melissa, ou erva-cidreira-verdadeira; a erva-cidreira-brasileira; e o capim-cidreira, ou chá-de-estrada, sendo esta última a mais utilizada na forma de chá.

A melissa ou erva-cidreira-verdadeira — cujo nome científico é Melissa officinalis — é um arbusto com folhas grandes e ovaladas, que apresentam nervuras salientes. É uma planta nativa da Europa meridional, parente da menta e da hortelã, utilizada pelo homem desde os tempos da Grécia antiga. A melissa prefere o clima temperado, embora não suporte invernos rigorosos. Suas flores pequenas, de cor esbranquiçada ou rosada, atraem as abelhas. Daí o nome de seu gênero botânico ser melissa, que em grego significa “abelha”.

A erva-cidreira-brasileira — de nome científico Lippia alba — é da família das verbenáceas. Tem folhas ovaladas e serrilhadas e caule quebradiço. Originária da América do Sul, vive nas margens dos rios, lagos e açudes.

O capim-cidreira, chá-de-estrada ou ainda capim-limão — de nome científico Cymbopogon citratus —, é uma planta perene de clima tropical que pertence à família das gramíneas. De folhas longas, é nativa da Índia, mas desenvolve-se em todo o Brasil. É muito utilizada em chás e para conter erosões em curvas de nível e beiras de estrada.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.