A escarlatina é uma doença cujo nome deriva da cor escarlate (vermelha) das erupções causadas por ela. Embora já tenha sido comum entre as crianças, hoje é uma doença rara.

Os primeiros sintomas, ou sinais, da escarlatina são febre alta e sensibilidade na garganta. A pessoa pode vomitar e sentir dor. Cerca de dois dias depois surgem erupções vermelhas e ásperas que começam normalmente na pele do pescoço e do peito, espalhando-se em seguida. O rosto também fica vermelho, muitas vezes com uma área pálida em volta da boca. No início, aparece uma camada esbranquiçada na língua. Quando essa camada desaparece, a língua fica inchada e com protuberâncias. Os sintomas perduram por mais ou menos uma semana, e depois a pele se escama.

Seres minúsculos chamados bactérias causam a escarlatina. O tipo de bactéria que provoca essa doença causa também a inflamação da garganta chamada faringite estreptocócica. As erupções da escarlatina são consequência dos venenos produzidos pela bactéria. Como ela se espalha facilmente entre as pessoas por meio do contato, lavar as mãos ajuda a impedir sua disseminação.

As pessoas com sintomas de escarlatina devem procurar o médico. A doença é tratada com um tipo de medicamento chamado antibiótico. Repouso também ajuda, e alimentos frios aliviam a dor de garganta.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.