O espadarte é um peixe que recebeu esse nome por causa do bico fino e comprido, terminando de forma achatada, como uma espada. O nome científico do espadarte é Xiphias gladius. Ele é às vezes erroneamente chamado de peixe-espada. Peixe-espada é na verdade o nome popular de outra espécie, o Trichiurus lepturus.

Os espadartes vivem no fundo dos oceanos de todo o mundo. Eles normalmente são pelágicos, isto é, vivem em mar aberto.

Um espadarte chega a ter 4,6 metros de comprimento e pode pesar até 450 quilos. Os espadartes são azul-arroxeados. A “espada” é quase preta. Diferentemente da maioria dos peixes, o espadarte adulto não tem escamas e tampouco tem dentes.

O espadarte tem um corpo forte em formato de torpedo. Sua espada é na verdade a extensão óssea do maxilar superior. O espadarte se alimenta de pequenos peixes e lulas. Ele usa sua espada para atacar cardumes de peixes.

O espadarte se reproduz por meio de ovos. Os pequenos espadartes nascem depois de cerca de dois dias e meio. Eles têm dentes e escamas, mas não possuem o focinho em forma de espada. Quando o espadarte atinge de 60 centímetros a 1,2 metro de comprimento, perde os dentes e as escamas e já desenvolveu sua “espada”.

Os espadartes são importantes para a indústria pesqueira. Eles também são populares entre os praticantes da pesca. Quando pego, o espadarte usa a espada para se defender.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.