Os esquimós são um povo nativo das regiões árticas. Eles vivem na Groenlândia, no Alasca, no Canadá e no leste da Rússia. Os europeus e outros povos os chamam de esquimós há séculos, mas eles dão diferentes nomes a si próprios. No Canadá e na Groenlândia, preferem ser chamados de inuítes. No Alasca, dão preferência ao termo esquimó.

Tradicionalmente, os esquimós conseguem quase todo o seu alimento por meio da caça e da pesca. Eles se alimentam da carne de renas, focas, morsas e baleias. Na água, os caçadores esquimós se locomovem em caiaques cobertos com pele de animais. Em terra, viajam em trenós puxados por cachorros.

Os esquimós usavam blocos de neve para construir abrigos chamados iglus. Eles também construíam casas de pedra ou cabanas cobertas de terra. No verão, costumavam viver em tendas feitas de peles de animais. Além disso, usavam roupas também feitas com peles de animais, como a foca.

Antes de os vikings se estabelecerem na Groenlândia, no século XIX, os esquimós só tinham contato com outros esquimós. A única exceção eram os esquimós do Alasca, que já haviam tido contato com os russos. O encontro com novos povos mudou o modo de vida dos esquimós. Nos séculos XIX e XX, alguns deles abandonaram o Ártico para trabalhar em vilas e cidades. Os que permaneceram começaram a usar objetos estranhos a eles, como armas de fogo, barcos a motor e motos de neve.

No final do século XX, havia cerca de 117 mil esquimós por toda a região ártica. Em 1999, o Canadá criou uma reserva indígena para os inuítes, chamada Nunavut.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.