O elemento químico estanho é explorado há mais de 3 mil anos. Na Antiguidade, as pessoas aprenderam a misturá-lo ao cobre para produzir bronze. Elas utilizavam o bronze para fazer muitos objetos, e o estanho tornou-se um metal valioso, a ponto de ter muitos usos até a atualidade. Um dos mais comuns é servir de revestimento a recipientes de comida. Os cientistas usam símbolos para representar os elementos químicos. O correspondente ao estanho é Sn, derivado da palavra latina stannum, que significa “estanho”.

Onde o estanho é encontrado

O estanho é encontrado principalmente em um minério chamado cassiterita. Algumas das primeiras minas foram construídas na Inglaterra e na Espanha. No início do século XXI, os países que lideram a produção desse metal estão no sul e no leste da Ásia. São eles: China, Indonésia, Rússia, Vietnã e Malásia. Na América do Sul, o Peru, a Argentina, a Bolívia e o Brasil também produzem grandes quantidades do metal.

Propriedades

O estanho é um metal flexível e prateado, com um tom azulado. Derrete-se com facilidade e oferece a possibilidade de ser transformado em lâminas, que podem tomar muitas formas. Não enferruja facilmente nem é tóxico, ou danoso, para os seres humanos. Também adere bem à superfície de outros metais.

Usos

Em virtude de se derreter facilmente, o estanho é utilizado para fazer solda, um material derretido e utilizado em forma líquida para juntar dois pedaços de metal. Quando a solda endurece novamente, os metais ficam fortemente ligados. O estanho também é utilizado para revestir produtos de metal a fim de evitar que enferrujem. Muitos alimentos são armazenados em latas de estanho. Na verdade elas são de aço, mas foram revestidas com uma fina camada de estanho. O estanho é ainda utilizado para produzir bronze e outras ligas, ou combinações de diferentes metais.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.