Em todo o mundo as pessoas comemoram dias especiais conhecidos como feriados e festivais. A palavra festival deriva da palavra festa no sentido de banquete (uma refeição farta e caprichada). O plantio e a colheita de culturas agrícolas, em tempos remotos, deram origem a várias dessas comemorações, os festivais. A alimentação ainda tem um papel importante em muitos festivais atuais. No sul do Brasil, quando chega a hora da colheita da uva, várias cidades fazem a sua Festa da Uva. E o mesmo ocorre em outros municípios, na hora da colheita de outros produtos.

A maioria dos feriados tradicionais se originou de festas religiosas. Por esse motivo, em inglês, por exemplo, a palavra para dizer “feriado” é “holiday”, que significa literalmente “dia santo”. Muitos dias ou períodos de feriados ainda são ocasiões religiosas, a exemplo do mês sagrado muçulmano do ramadã ou da Semana Santa da Igreja Católica. O maior festival religioso do mundo é o Diwali, da religião hindu, que se comemora na Índia. Já o maior festival religioso católico se celebra no Brasil: é o Círio de Nazaré, realizado anualmente em outubro na cidade de Belém, capital do estado do Pará. Outros feriados, porém, têm motivações diferentes. Feriados nacionais, como o Sete de Setembro no Brasil, estimulam os cidadãos a lembrar a história de seu país.

Embora com finalidades diferentes, feriados e festivais tendem a ter certas características em comum. Muitos são ligados a tradições, como decorar uma árvore no Natal ou acender velas em um menorá durante o Chanucá judeu, também conhecido como Festa das Luzes. Datas festivas e feriados também reúnem as pessoas de diversas formas. Em alguns feriados, a população participa de cerimônias solenes, como a homenagem dos americanos aos mortos de guerra no Memorial Day. Outros períodos festivos, como o Carnaval, são comemorados coletivamente com muita alegria.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.