O fogão é uma peça utilizada para a culinária, isto é, um instrumento útil para a vida cotidiana das pessoas. Usado para cozinhar e aquecer alimentos e líquidos, ele é fabricado em diversos modelos, podendo ser portátil ou fixo.

Os fogões apresentam um ou mais queimadores, ou bocas, pelos quais sai o fogo usado para o preparo dos alimentos. Em geral, há uma grelha que fica entre as bocas do fogão e as panelas, na qual estas se apoiam. Além disso, o fogão pode ou não possuir forno. Quando o forno está ligado, seu interior fica aquecido para que se possa cozinhar e assar alimentos nele.

Alguns fogões têm chaminés. Nesse caso, a fumaça produzida escapa para o ar livre, ou seja, para fora das residências.

Os primeiros fogões datam da Antiguidade. Eles surgiram quando o homem deixou de ser nômade e passou a controlar o fogo. Nessa época, acendia-se o fogo em simples buracos no chão. Ao redor dele, eram colocadas pedras e as panelas ficavam apoiadas nelas.

Posteriormente, começaram a ser feitos fogões de barro e de metal. Neles, o fogo é alimentado com lenha. Trata-se do fogão a lenha, que ainda hoje é encontrado em fazendas.

Com a Revolução Industrial, o homem desenvolveu outros tipos de fogão, porque passou a trabalhar com formas diferentes de energia, como o carvão e o petróleo.

Durante algum tempo, o homem usou o querosene, um componente do petróleo, como fonte de energia para os fogões. Também usou a gasolina e a nafta, outro componente do petróleo. Depois, a nafta foi substituída pelo gás.

Atualmente, além de encontrarmos fogões a gás, há muitos que funcionam com sistemas elétricos embutidos. Neles, o calor é gerado pelo aquecimento de fios de ferro pela corrente elétrica. Existem também diferentes modelos de fogão, como os de embutir e os de mesa. Estes fogões têm diferentes utilidades, como grelhar alimentos, o que ajuda a eliminar a gordura e manter a comida aquecida.

O nome “fogão” também pode ser usado para designar a lareira e, no estado do Rio Grande do Sul, é o nome dos locais em que se faz fogo para o chimarrão e para o churrasco.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.