Os francos foram um povo que viveu na Europa há mais de mil anos. Foi a partir deles que a França recebeu seu nome. Os francos mudaram-se de uma região que fica atualmente na Alemanha para a terra que depois se tornou a França. Eles falavam uma língua germânica chamada frâncico.

Na Antiguidade, os romanos dominaram o que é hoje a França, como parte do Império Romano. A região era então chamada Gália. O Império Romano perdeu poder no século V d.C. Os francos e outros povos germânicos mudaram-se para a Gália nessa época.

Clóvis I foi o primeiro rei franco importante. Ele reuniu vários grupos desse povo sob sua liderança. No fim do século V, Clóvis converteu-se ao cristianismo. Seus seguidores tornaram-se cristãos também, o que reforçou a união do povo franco. No início do século VI, Clóvis governava a maior parte da Gália.

Um rei posterior, conhecido como Carlos Magno, ou Carlos, o Grande, expandiu as terras governadas pelos francos e difundiu o cristianismo. No século IX, o papa recompensou-o dando-lhe o título de imperador. O império de Carlos Magno tornou-se conhecido como Sacro Império Romano-Germânico.

Após a morte de Carlos Magno, seus filhos e netos não conseguiram manter o império franco unido. As terras francas orientais continuaram a fazer parte do Sacro Império Romano-Germânico. A parte ocidental tornou-se a França.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.