O frevo é uma dança típica do Nordeste, especialmente de Pernambuco, que leva multidões de pessoas pelas ruas do estado na época do Carnaval. Frevo também é o nome da música que dá o ritmo à dança.

A palavra “frevo” vem de “fervura”. A ideia dessa dança é fazer o povo “ferver” ao som da música. Os passos são derivados da capoeira. Mesmo existindo mais de cem coreografias diferentes, não há uma regra exata. A liberdade e a improvisação são características dessa dança. O mesmo vale para as roupas: há as especiais para os dias de apresentação, mas cada um se veste como preferir. Porém, a sombrinha não pode faltar. Ela é o símbolo do frevo e dá um colorido todo especial às acrobacias feitas pelos dançarinos.

Existem três tipos de frevo: o de rua, que não tem letra de música, apenas o ritmo eletrizante de trompetes e trombones; o frevo de canção, que é apresentado em clubes e é cantado; e o frevo de bloco, de ritmo mais lento, com vozes femininas acompanhadas de violão, bandolim e outros instrumentos de corda.

O bloco de Carnaval Galo da Madrugada mantém a tradição do frevo em Recife, capital pernambucana. Criado em 1977, tornou-se o maior bloco do mundo. Mais de 1 milhão de pessoas seguem o Galo da Madrugada todos os anos, dançando e cantando.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.