O futebol é o esporte coletivo mais popular do mundo. Tanto homens como mulheres jogam futebol em escolas, clubes, times profissionais e seleções nacionais. Num jogo de futebol, dois times competem para fazer mais pontos, que são chamados de gols. Um time marca um gol quando coloca a bola na meta, também chamada gol, do adversário.

A Copa do Mundo de futebol é o evento esportivo mais popular do planeta. A cada quatro anos, seleções de diversos países disputam a Copa do Mundo.

O campo e o equipamento

O tamanho do campo de futebol varia. O campo oficial deve ter entre 90 e 120 metros de comprimento e de 45 a 90 metros de largura. Em cada extremidade do campo há um gol. O gol é uma espécie de moldura que tem 7,3 metros de largura por 2,4 metros de altura. A essa moldura se prende uma rede, que fica atada à trave superior, às traves laterais e ao terreno. A bola de futebol é redonda e cheia de ar.

O jogo

Cada time de futebol é formado por onze jogadores. Eles tentam manter a posse da bola e levá-la até o gol adversário. Os jogadores movimentam a bola com os pés, dentro dos limites do campo retangular. Podem também fazer jogadas com a cabeça ou outra parte do corpo, menos com as mãos e os braços. Só os goleiros, que defendem as metas, podem tocar a bola com as mãos.

Funções dos jogadores

Um time tem setores de defesa, ataque e meio de campo.

O ataque é a parte ofensiva, encarregada de marcar gols. Os jogadores desse setor são chamados de atacantes ou dianteiros. Quando um time está com a bola, os atacantes tentam marcar gols. Em geral eles se colocam o mais perto possível do gol adversário.

O setor defensivo tem a tarefa de proteger a meta de seu time. O goleiro tenta segurar ou afastar as bolas chutadas pelos adversários, de modo a impedir que elas entrem em seu gol. Os jogadores de defesa, chamados zagueiros ou beques, formam uma espécie de escudo entre o seu goleiro e o time adversário.

Os jogadores do meio de campo têm funções tanto defensivas como ofensivas. Eles geralmente se situam entre os zagueiros e os atacantes de seu time e muitas vezes ficam encarregados de armar as jogadas.

Técnicas de jogo

Os jogadores de futebol movimentam a bola por meio de dribles, chutes ou cabeçadas. O drible consiste em toques curtos para manter a posse da bola e conduzi-la para a frente. Os jogadores usam chutes mais fortes para passar a bola a seus companheiros de time ou para tentar marcar gols. Eles geralmente cabeceiam a bola quando recebem passes longos, pelo alto. Muitas vezes isso acontece na frente do gol. O jogador pode então tentar cabecear a bola para dentro do gol adversário.

Quando um jogador está com a bola, o time adversário tenta tomá-la. Isso é chamado de desarme, ou corte. Uma maneira de desarmar é usar os pés para chutar a bola para longe do adversário ou para tirá-la dele. Outra maneira de tomar a bola é interceptar um passe do adversário.

As faltas

Um árbitro e dois assistentes, conhecidos como bandeirinhas, controlam o jogo. Eles aplicam punições aos times quando os jogadores cometem faltas ou desobedecem às regras. Certos tipos de falta dão à outra equipe o direito de um chute contra a meta adversária. As infrações cometidas pelos defensores perto da sua meta, numa zona do campo chamada de grande área, são punidas com a penalidade máxima, ou pênalti. Nesse caso, o time adversário chuta a bola a uma distância de 11 metros do gol. Com exceção do goleiro e do cobrador do pênalti, todos os outros jogadores têm que ficar fora da grande área.

Muitas vezes, o jogador do time atacante parte para pegar a bola sem que haja dois jogadores do time adversário colocados entre ele e a meta no momento em que a bola lhe é lançada. Essa situação é conhecida como impedimento e torna a jogada inválida.

O juiz leva consigo um cartão amarelo e um vermelho. Dependendo da gravidade da falta cometida por um jogador, ele pode agravar a penalidade com um dos cartões. O cartão vermelho equivale à expulsão do campo. A cada vez que isso acontece, o time do jogador expulso fica em desvantagem, pois tem que continuar a partida com um jogador a menos.

História

Jogos parecidos com o futebol eram praticados na China há mais de 2 mil anos. Esportes semelhantes eram também praticados na Grécia e na Roma antigas, no Japão e no México. O futebol moderno começou na Inglaterra. Em 1863, vários times de futebol ingleses formaram a Associação de Futebol, que criou o primeiro conjunto de regras para o esporte.

A Associação era uma organização amadora, ou seja, seus jogadores não recebiam pagamento. As ligas profissionais de futebol, nas quais os jogadores eram pagos, surgiram no final da década de 1880. Elas se formaram primeiro na Inglaterra, depois se espalharam por outros países. Por volta de 1900, o futebol já era praticado em todas as partes do mundo.

Em 1904 foi formada a Fédération Internationale de Football Association (FIFA, que se traduz como Federação Internacional de Futebol), que dirige até hoje o esporte no plano internacional. Em 1930, a FIFA organizou a primeira Copa do Mundo disputada por equipes masculinas A primeira Copa do Mundo de futebol feminino aconteceu em 1991.

O futebol no Brasil

O futebol brasileiro é considerado um dos melhores do mundo. O Brasil foi o único país a participar de todas as Copas do Mundo até hoje. Das vinte copas realizadas até 2014, a seleção brasileira venceu cinco e foi vice-campeã em duas. Também é do Brasil aquele que é considerado o maior jogador de futebol de todos os tempos, Pelé, eleito o maior atleta do século XX.

O país é também considerado celeiro de jogadores. Milhares de garotos crescem jogando futebol e ansiando tornar-se profissionais. Praticamente todos os grandes times de futebol do mundo têm em suas equipes jogadores brasileiros. Muitos se sobressaem nas equipes do Brasil e são contratados por times estrangeiros, onde em geral são muito bem pagos. Entre eles, destaca-se Neymar da Silva, ex-atacante do Santos famoso por seus dribles.

Futebol feminino

No Brasil, foi apenas nos últimos vinte anos que o futebol feminino começou a destacar-se profissionalmente, embora nem sempre bem aceito pelo público masculino e pela mídia. Já nos Estados Unidos as equipes femininas foram, desde o início, mais fortes e melhores que as masculinas.

A primeira Copa do Mundo de futebol feminino, em 1991, chamou mais atenção para as jogadoras brasileiras. A seleção brasileira ficou com a medalha de prata nas Olimpíadas de 2004 e 2008; com o segundo lugar no Campeonato Sul-Americano de 2006 e na Copa do Mundo de 2007; e com a medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de 2003 e 2007.

O grande destaque foi a jogadora Marta, que, por quatro anos seguidos (de 2006 a 2009), ganhou o título de melhor jogadora do mundo, atribuído pela FIFA. Segundo Pelé, Marta “é o Pelé de saia”.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.