Os gambás são marsupiais, isto é, animais que carregam os filhotes em uma bolsa. Eles vivem principalmente em florestas da América do Sul e da América Central. A espécie conhecida como gambá-da-virgínia é o único marsupial encontrado na América do Norte. No Brasil, existe o gambá-de-orelha-preta, também chamado de sariguê.

O gambá tem focinho pontudo, nariz rosado e olhos pretos e brilhantes. Algumas espécies medem apenas 15 centímetros de comprimento, enquanto outras chegam a ficar do tamanho de um gato doméstico. A cauda sem pelos é responsável por cerca da metade do comprimento do animal. Os gambás têm pelagem rala, de cor acinzentada ou quase preta.

Esses marsupiais geralmente fazem sua morada em ocos de árvores ou sob tocos e raízes. Eles saem à noite para se alimentar e comem qualquer coisa que encontrarem: insetos, roedores, frutas silvestres, frutas podres e até ração para cães.

A fêmea do gambá dá à luz até 25 filhotes, que ficam de quatro a cinco semanas na bolsa da mãe, forrada de pelo. Depois, passam de oito a nove semanas agarrados às costas dela.

O gambá tem um jeito único de escapar dos inimigos. A maioria dos predadores gosta de comer animais vivos e despreza os que já encontra mortos. Por isso, o gambá às vezes se finge de morto quando o inimigo se aproxima. Ele fica paralisado como estátua e cai. Quando o predador se afasta, ele se levanta e vai embora.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.