A graviola (Annona muricata) é uma fruta grande (pesa em média 3 quilos), da família das anonáceas. Existem vários tipos de graviola, mas a encontrada mais comumente no Brasil tem casca verde e rugosa, polpa branca e dezenas de sementes em seu interior.

A gravioleira é uma árvore de porte médio (de 4 a 6 metros de altura) que se adapta facilmente às regiões úmidas e de baixa altitude. Suas folhas são verdes e suas flores, amareladas.

Ela é cultivada em vários estados brasileiros, principalmente na Bahia, em Pernambuco, no Ceará, em Alagoas e em Minas Gerais.

De sabor agridoce, a graviola não é apenas uma fruta de sabor marcante. Ela se destaca também por suas propriedades nutrientes, pois é rica em cálcio, vitamina C e fósforo.

A graviola pode ser consumida in natura ou processada industrialmente, na forma de polpa. Em cápsulas, também é encontrada nas farmácias, sendo indicada por suas propriedades anti-inflamatória e diurética, entre outras.

Devido às propriedades terapêuticas, suas folhas são também utilizadas para fazer chás.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.