O halterofilismo é um esporte em que as pessoas levantam peso. Algumas pessoas o praticam apenas como exercício físico, mas há também atletas e competidores profissionais que se dedicam a essa atividade.

História

O levantamento de peso tem uma longa história. Para muitas tribos pré-históricas, um homem poderia provar sua masculinidade levantando uma pedra pesada. Algumas dessas pedras estão em castelos escoceses e gregos, levando, em vários casos, o nome do homem que as levantou. O levantamento competitivo de pedras ainda acontece em algumas cidades da Alemanha, da Suíça, nas montanhas de Montenegro e na região basca da Espanha.

As origens modernas do halterofilismo encontram-se nos circos e nos teatros dos séculos XVIII e XIX, nos quais homens fortes como George Hackenschmidt, da Rússia, e Louis Apollon, da França, faziam levantamento de peso. O halterofilismo foi incluído nos Jogos Olímpicos em 1896. Em 1920, foi criada a Federação Internacional de Halterofilismo, para regularizar e fiscalizar as competições internacionais.

Até o início da Segunda Guerra Mundial, os principais levantadores de peso eram franceses, alemães e egípcios. Depois do conflito, até 1953, os norte-americanos se tornaram os melhores. Mais tarde, a liderança em recordes mundiais e na conquista de campeonatos ficou com atletas soviéticos e búlgaros. No final da década de 1990, os principais países concorrentes em levantamento de peso nos Jogos Olímpicos eram a Turquia, a Grécia e a China. O levantamento de peso para mulheres foi introduzido nas Olimpíadas de 2000.

Equipamento e procedimentos

O peso utilizado no levantamento competitivo moderno é uma barra ou vara de aço, à qual são presos discos de ferro ou de aço. Os pesos variam de 0,5 a 25 quilos. A competição ocorre em cima de uma plataforma de madeira de 4 metros quadrados. Se o halterofilista sair da plataforma, não pode mais realizar o levantamento.

Existem duas provas no halterofilismo olímpico: o arranque e o arremesso. No arranque, a barra deve ser levantada do chão até acima da cabeça em um movimento só. No arremesso, a barra é erguida em dois movimentos: primeiro até a altura dos ombros e depois acima da cabeça. Em ambas as provas, o atleta deve manter a barra no alto por pelo menos dois segundos, com braços e pernas estendidos e imóveis, até receber o sinal do árbitro de que pode abaixá-la.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.