A história é o estudo do passado. Estudamos história para compreender melhor a humanidade, bem como as coisas que ocorrem hoje e as que podem acontecer no futuro.

Os especialistas no estudo da história são os historiadores. Eles geralmente escolhem um período de tempo ou um povo em especial para pesquisar. Muitas vezes, utilizam registros escritos, como diários, cartas e artigos de jornal, para aprender mais sobre o passado.

Registros históricos relativamente recentes podem ser obtidos com facilidade. A maior parte deles está impressa em papel ou arquivada em computadores. No entanto, muitos registros antigos eram gravados na pedra ou pintados em paredes. Com o passar dos séculos, muitas vezes eles acabaram soterrados, parcialmente destruídos ou cobertos por camadas de tinta. Os historiadores que estudam as épocas mais antigas precisam recuperar esses materiais para poder examiná-los.

Os historiadores podem ter de utilizar recursos da arqueologia para estudar os tempos antigos. A arqueologia é o estudo dos vestígios de edificações e objetos construídos por povos do passado. Alguns povos não tinham escrita. Mesmo assim, os historiadores e os arqueólogos conseguem aprender muito sobre o modo de vida deles ao estudar as ferramentas, as roupas, as armas, a arquitetura e outros elementos de sua cultura.

O grego Heródoto, que viveu no século V a.C., é considerado o Pai da História. Ele se interessava também por geografia, por isso viajava bastante. No livro intitulado Histórias, Heródoto reuniu não só narrativas sobre os lugares e as pessoas que conheceu em suas viagens, mas também um relato sobre as Guerras Greco-Pérsicas, incluindo uma tentativa de explicar as origens desses conflitos. Essa obra é considerada o primeiro livro de história e até hoje serve como fonte de consulta para historiadores que estudam a Grécia antiga.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.