Um holograma é como uma fotografia tridimensional. A foto tem apenas duas dimensões (altura e largura), mas o holograma tem altura, largura e profundidade. Movimentando-se de um lado para outro, o observador consegue ver as laterais do objeto. Para fazer um holograma, é usado um processo chamado holografia.

O holograma convencional é criado com o uso de raio laser. Um espelho especial divide a radiação do laser em dois feixes: um feixe reflete diretamente sobre um filme fotográfico, enquanto o outro incide no objeto e é refletido por ele sobre o filme. Os dois feixes sobrepostos criam um padrão de linhas muito próximas. Esse padrão, registrado no filme, é o holograma.

Alguns tipos de hologramas precisam do uso do laser para ser enxergados. Outros podem ser vistos sob luz comum.

Os hologramas têm várias utilidades. É possível registrar em hologramas coisas que não podem ser vistas normalmente, como o interior do corpo humano, e depois estudar esses registros. Pequenos hologramas são encontrados normalmente em cartões de crédito e em notas de dinheiro (papel-moeda), para dificultar sua falsificação.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.