O iaque é um bovino grande e peludo com ombros protuberantes. Ele vive em terras altas, principalmente na parte da China chamada Tibete. Há séculos, os tibetanos criam iaques para usá-los como animais de trabalho e também como fonte de alimento. O iaque é da mesma família do boi, do búfalo e do bisão. Seu nome científico é Bos grunniens.

O iaque vive em lugares frios e com pouca vegetação. Às vezes, ele precisa andar muito para encontrar pasto suficiente para se alimentar. O pelo longo o ajuda a manter o calor do corpo. Ele também precisa de muita água. Durante o inverno é comum vê-lo comendo neve.

Há alguns iaques selvagens, mas eles são raros. Têm pelo castanho-escuro e grandes chifres. Os machos selvagens podem pesar até 1.000 quilos. As fêmeas são menores. Os iaques selvagens vivem em bandos formados por fêmeas e animais jovens. Os machos adultos vivem sozinhos ou em grupos menores.

Os iaques domesticados são muito menores que os selvagens. Eles podem ser ruivos, castanhos, pretos ou pretos e brancos. Eles têm chifres menores que os iaques selvagens. Alguns iaques domesticados não têm chifres.

Os iaques domesticados são usados para carregar e puxar cargas pesadas. Eles também são criados por causa da carne e do leite. O pelo é aproveitado para fazer cordas e tecidos. A pele é usada na produção de chapéus, casacos e cobertores.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.