Principal ilha do arquipélago português do mesmo nome, a ilha da Madeira situa-se no oceano Atlântico, 660 quilômetros a oeste da África e 980 quilômetros a sudoeste da Europa. Com a ilha de Porto Santo e as pequenas ilhas Desertas e Selvagens, constitui a Região Autônoma da Madeira, que faz parte de Portugal e, portanto, da União Europeia.

De origem vulcânica, comprimento máximo de 55 quilômetros e largura máxima de 22 quilômetros, a ilha é montanhosa, com picos que ultrapassam 1.800 metros de altitude. Sua costa é em geral formada por falésias, entre as quais o cabo Girão, parede vertical de 580 metros de altura, e raras praias de areia fina.

O clima subtropical oceânico foi propício ao desenvolvimento da laurissilva, nome dado à floresta de árvores da família das lauráceas da Macaronésia (região formada pelos arquipélagos da Madeira, Açores, Canárias e Cabo Verde). Por suas características únicas, essa floresta é hoje considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

O clima da ilha é agradável o ano inteiro. Sem excessos de frio ou de calor, favorece uma vegetação exótica, com inúmeras espécies de flores coloridas e perfumadas, o que lhe dá a fama de ilha-jardim.

Sua produção agrícola é variada. Nas zonas baixas se encontram produtos mediterrâneos (figo, uva e cereais como milho, trigo, centeio e cevada). As frutas europeias, como cereja, maçã e ameixa, preferem os vales. Quase ao nível do mar frutificam as espécies tropicais (banana, cana-de-açúcar, manga e maracujá).

As ilhas Desertas e as Selvagens são reservas naturais do Parque Natural da Madeira, por sua biodiversidade de animais marinhos, aves e plantas raras.

A ilha da Madeira era desabitada quando foi descoberta em 1419 por navegadores portugueses. O arquipélago tem 801 km2 de superfície e 246.689 habitantes (estimativa de 2008), a maioria de origem portuguesa. Cerca de 130.000 pessoas vivem na capital, a cidade de Funchal.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.