As ilhas Canárias são um arquipélago, ou conjunto de ilhas, situado no oceano Atlântico, a apenas 108 quilômetros da costa de Marrocos, no norte da África. Pertencem à Espanha. Seu nome nada tem a ver com os canários, mas sim com os cães: havia um número muito grande de cachorros nas ilhas, nos tempos antigos (a palavra “canárias” deriva de “cão”). Seu território soma 7.447 km2, com uma população de 2.085.980 habitantes (estimativa de 2009).

Geografia

Geograficamente, o arquipélago pode ser dividido em duas partes. A ocidental, formada pelas ilhas Tenerife, Gran Canaria, La Palma, La Gomera e Ferro; e a oriental, que engloba as ilhas Lanzarote e Fuerteventura, além de algumas ilhotas. Para a administração do governo espanhol, as ilhas formam a Comunidade Autônoma das Canárias e se dividem em duas províncias, Santa Cruz de Tenerife e Las Palmas. As capitais dessas províncias são respectivamente as cidades de Santa Cruz de Tenerife e Las Palmas de Gran Canaria.

As ilhas Canárias surgiram de erupções vulcânicas que aconteceram há milhões de anos. Devido aos vulcões, o ponto mais alto das ilhas ocidentais ultrapassa em 1.200 metros o nível do mar, e o pico de Teide, na ilha de Tenerife, alcança 3.718 metros, sendo o mais alto da Espanha e de todas as ilhas do oceano Atlântico. As Canárias têm clima subtropical com temperaturas amenas o ano todo. Esse clima levou ao desenvolvimento da laurissilva, como é conhecida a floresta de árvores da família das lauráceas, típica dessa região do Atlântico — chamada Macaronésia, por ser formada pelas ilhas Canárias, Madeira, Açores e Cabo Verde. Por suas características únicas, essa floresta é reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura).

Economia

Devido ao clima ameno e agradável quase o ano todo, a economia das ilhas Canárias é principalmente baseada nos serviços e no intenso turismo. O setor industrial é pequeno, com atividades na área de construção e de refinamento de petróleo. Sua flora é abundante e varia de acordo com a altura do terreno. Entre os principais plantios estão o trigo, a cevada, o tabaco, o tomate e a banana.

História

Vestígios arqueológicos descobertos no lugar mostram que as ilhas eram conhecidas desde a Antiguidade pelos romanos e cartagineses. Habitado originalmente pelo povo guanche, a partir do século XIV o arquipélago foi sucessivamente visitado por navegantes vindos de Portugal (que o ocuparam em 1335), italianos, franceses e espanhóis, até que o papa Clemente VI reconheceu a soberania espanhola sobre as ilhas em 1344, em prejuízo dos portugueses, que também as reivindicavam. As Canárias ainda servem de ponto de escala para algumas rotas comerciais que cruzam o oceano Atlântico em direção às Américas do Norte e do Sul ou à África.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.