Os jaburus, também conhecidos como tuiuiús ou jabirus, estão entre as maiores aves da América do Sul. Fazem parte da família das cegonhas. São encontrados em quase todos os países da América do Sul, exceto na parte ocidental dos Andes. Também podem ser vistos na América Central, no México e em algumas partes dos Estados Unidos.

Considerado o símbolo do Pantanal Mato-Grossense, o jaburu chega a medir 1,15 metro de altura. Seu corpo robusto é recoberto por penas brancas, mas seu pescoço é pelado e negro, com a base vermelha. O bico afiado pode ter 30 centímetros de comprimento.

Os jaburus vivem nas margens de rios, lagoas e pântanos. Constroem enormes ninhos com galhos e arbustos secos — as maiores construções feitas por aves no Pantanal. A época de reprodução coincide com a baixa das águas. Os peixes, presos nas lagoas, tornam-se presas fáceis para alimentar os filhotes dos jaburus. As fêmeas botam de dois a quatro ovos, que são incubados por sessenta dias. Durante esse período, o casal permanece junto: enquanto um de seus membros choca os ovos, o outro vigia, em pé na beirada do ninho. Aos três meses de idade, o filhote já é capaz de deixar o ninho e acompanhar os pais.

Os jaburus vivem em bandos e se alimentam de peixes, moluscos, répteis, insetos e pequenos mamíferos. Quando descansam nas margens de rios ou lagoas, apoiam-se em uma única perna. Dotadas de grande capacidade de voo, essas aves podem elevar-se a grandes altitudes.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.