Krill é o nome genérico que designa um grupo de animais marinhos semelhantes aos camarões. Esses animais vivem nos oceanos e são crustáceos, como os camarões, os caranguejos e as lagostas. Existem por volta de 85 espécies de krill. Ele é uma fonte de alimentação importante para peixes, polvos, baleias, aves aquáticas e outros animais, especialmente na Antártica.

Esses pequenos crustáceos podem chegar a medir 6 centímetros de comprimento e, como os outros crustáceos, têm um esqueleto externo, chamado exoesqueleto, que é trocado várias vezes durante o crescimento. Seu corpo é quase transparente, com pequenas manchas avermelhadas. Suas inúmeras pernas servem para nadar e recolher alimento. Sob o corpo, a maioria tem órgãos especiais que emitem luz. Por isso, o krill é visível à noite.

Esses animais nadam em grandes grupos, formando às vezes uma massa tão densa que a água parece cor-de-rosa. Eles passam grande parte do tempo no fundo do oceano, a salvo dos inimigos. À noite, sobem à superfície para comer plantas ou pequenos animais, mas podem ficar sem se alimentar durante meses.

O krill é pescado para servir de alimento para pessoas e animais terrestres, constituindo uma rica fonte de vitamina A.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.