Os músculos permitem os movimentos dos animais. Os vermes movem-se em ondas contraindo e relaxando os músculos. As lesmas e os mexilhões rastejam com o auxílio de um grande músculo chamado de . Os insetos movem as pernas e as asas com músculos escondidos sob seu exosqueleto, que é uma casca protetora externa. Peixes, répteis, aves e mamíferos movem-se com o auxílio de músculos conectados ao seu esqueleto.

A musculatura relacionada à movimentação é chamada de musculatura esquelética, pois os músculos estão ligados ao esqueleto. Os animais com coluna vertebral, como os seres humanos, também têm dois outros tipos de músculo: o cardíaco e o liso. O músculo cardíaco se encontra no coração, e o liso é encontrado no sistema digestório, nos vasos sanguíneos, na bexiga, nas passagens respiratórias e no útero.

Músculo esquelético

O músculo esquelético é composto por longas fibras que se ligam ao esqueleto e é o responsável pela movimentação, pela postura (posição do corpo) e pelo equilíbrio. O trabalho dos músculos esqueléticos é voluntário, ou seja, os movimentos ocorrem de acordo com a nossa vontade.

Estruturas chamadas de tendões ligam os músculos esqueléticos ao esqueleto. Quando essa musculatura se contrai, o músculo esquelético diminui de tamanho; quando relaxa, ele fica mais longo. Dessa forma, os músculos esqueléticos fazem os ossos moverem as partes do corpo.

Para fazer o músculo esquelético se contrair, o cérebro manda uma mensagem através de um nervo que se liga à musculatura, denominado nervo motor. Quando a mensagem chega ao músculo, os nervos liberam substâncias químicas, que iniciam uma onda de atividade elétrica e química, gerando energia e fazendo que o músculo se contraia.

Um pouco dessa energia também fica no corpo sob a forma de calor e, com isso, o movimento muscular ajuda a manter a temperatura correta do corpo, que é de 36,5°C.

Músculo cardíaco

O músculo cardíaco localiza-se no coração e é composto por fibras que se unem, formando uma rede. Essas fibras formam as câmaras, que são cavidades por onde passa o sangue quando o coração bate.

O músculo cardíaco realiza um trabalho involuntário, isto é, ele age automaticamente e independe da nossa vontade. Dessa maneira, uma pessoa não precisa pensar para manter o coração batendo. A musculatura cardíaca apresenta outra característica: ausência de nervos. Devido a isso, os batimentos cardíacos são realizados por fibras especiais, que emitem ondas elétricas, regulando o ritmo cardíaco.

Músculo liso

O músculo liso também realiza um trabalho involuntário e está presente em várias partes do nosso corpo, auxiliando em muitas funções. É a musculatura lisa que ajuda o alimento a mover-se pelo sistema digestório e que move o diafragma, um músculo responsável pela entrada e pela saída de ar nos pulmões. O músculo liso também faz os vasos sanguíneos se estreitarem ou se dilatarem. O sistema nervoso e as substâncias químicas do corpo controlam a ação dos músculos lisos.

Problemas com músculos

Usar os músculos esqueléticos intensamente em exercícios ou no trabalho pode causar dor. Se um músculo se estende demais, pode romper-se, e isso se chama estiramento muscular. O músculo esquelético também pode sofrer câimbras (ficar firmemente contraído) ou pulsar (mover-se sozinho). A distrofia muscular é uma doença que faz os músculos enfraquecerem com o passar do tempo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.