Música é um conjunto de sons que podemos organizar de forma agradável ou significativa. Todas as culturas do mundo fazem alguma forma de música. A música pode ser simples — por exemplo, uma pessoa marcando o ritmo em um pedaço de madeira ou cantando uma música infantil. A música também pode ser complexa, por exemplo centenas de instrumentos tocando juntos durante horas. Em geral, ela tem conexão direta com a emoção das pessoas.

Os elementos da música

Toda forma de música contém elementos básicos, ou partes. Os principais elementos da música são o ritmo, a melodia, a harmonia e a forma.

O ritmo descreve a duração dos sons musicais: é a sucessão desses sons, que se repetem regularmente, com acentos fortes ou fracos. O mais importante no ritmo é o pulso, ou a batida. Quando você bate com o pé para acompanhar uma canção que lhe agrada, está seguindo a batida, ou ritmo. A velocidade das batidas se chama tempo. O andamento regular das batidas é chamado compasso. Em muitas músicas, a bateria ajuda os outros instrumentos e as vozes a manterem o ritmo.

A melodia é uma série de diferentes tons, ou sons, em uma peça musical. As notas são tocadas ou cantadas uma após outra para formar uma canção. O tom da melodia pode ser agudo ou grave. Se um tom é agudo ou se é grave — é a isso que se chama altura do tom. Nos países de língua inglesa, os músicos indicam as diferentes alturas dos tons pelas letras A, B, C, D, E, F e G. Nos países latinos e outros, em vez de letras, essa mesma sequência de tonalidades é indicada pelas notas, respectivamente: lá, si, dó, ré, mi, fá e sol. (No entanto, quando dizemos essa sequência em nossa língua, normalmente começamos pelo dó: dó, ré, mi, fá, sol, lá e si.)

A harmonia acontece quando as pessoas tocam diferentes notas ao mesmo tempo ou cantam sobrepondo várias notas em tons diferentes. Quando pessoas cantam juntas em tons diferentes, o conjunto é chamado coro. A harmonia também descreve a forma como as cordas acompanham a melodia.

A forma é a maneira como podemos juntar o ritmo, a melodia e a harmonia. Existem vários tipos de formas musicais. Uma das mais simples consiste em repetir sempre a mesma melodia, com pequeníssimas variações. Por exemplo, na canção “Maria Chiquinha”, em que, a cada verso, se repete a mesma melodia. A sinfonia é uma forma mais complexa: nela, diferentes grupos de instrumentos podem tocar melodias variadas ao mesmo tempo, ou uma série de harmonias. O ritmo também pode variar; por exemplo, o tempo pode ser rápido ou lento, em diferentes momentos da sinfonia.

Notação musical

Alguns músicos compõem música à medida que vão tocando. Outros cantam ou tocam peças que alguém criou. Os músicos desenvolveram um sistema de escritura da música para que outras pessoas possam cantá-la ou tocá-la. Usam certos símbolos, chamados notas, para indicar em que tom as músicas devem ser cantadas ou tocadas. Como já vimos, as notas musicais são sete e se chamam dó, ré, mi, fá, sol, lá e si. A ordenação das notas mostra em que ordem os tons devem ser tocados. Outros números e símbolos mostram a que velocidade deve ser tocada cada nota e em que intensidade. Esses símbolos e números são conhecidos como notação musical.

Instrumentos musicais

As pessoas usam a voz para cantar. Para fazer outros tipos de música, utilizam instrumentos musicais muito variados. Existe mais de uma forma de classificá-los, mas podemos dizer, em resumo, que há quatro grupos principais de instrumentos: de cordas, de sopro, de percussão e de teclado. Os instrumentos de cordas, como o violino ou a harpa, têm cordas esticadas que produzem sons quando as pessoas as puxam ou as friccionam. Os instrumentos de sopro, como os trompetes ou os saxofones, produzem sons quando as pessoas sopram neles. Os instrumentos de percussão, como a bateria ou os chocalhos, produzem sons quando as pessoas batem neles ou os chacoalham. Os teclados, como o piano ou o acordeão, produzem sons quando as pessoas pressionam suas teclas, chaves, botões ou alavancas.

Tipos de música

Os tipos de música variam em função de cada cultura. Canções de ninar embalam o sono de crianças do mundo inteiro. Certas músicas acompanham cerimônias religiosas. Outras fazem parte do cotidiano. A música tradicional, ligada às tradições dos países, é chamada música folclórica.

A música clássica (ou música erudita) é um tipo de música formal e artístico que foi desenvolvido na Europa ao longo de vários séculos. Orquestras, coros e conjuntos de câmara (pequenos grupos de músicos) em geral tocam música clássica. A ópera é um tipo de música clássica caracterizada pelo canto dramático.

Quando um grande número de pessoas gosta de um tipo de música, ela é chamada música popular. Costuma ser mais curta e simples do que a música clássica. As pessoas em geral compram discos e gravações de música popular ou a ouvem no rádio. Alguns estilos de música popular nos Estados Unidos são o rock, o country, o hip-hop e o rap, o blues, o jazz e a world music (ou música étnica).

No Brasil, também, vários estilos diferentes de música popular fazem muito sucesso, como o samba, o choro, o axé, o sertanejo, a bossa nova, a MPB, o forró (que mistura ritmos do Nordeste, como o baião, o maracatu, o xote e o xaxado), além do chamado rock brasileiro, o funk carioca e o reggae.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.