Um mamífero é um animal que respira oxigênio, tem coluna (ou espinha) vertebral e desenvolve pelos ou cabelos em algum ponto de sua vida. Além disso, todas as fêmeas dos mamíferos têm glândulas que produzem leite. Os mamíferos estão entre os mais inteligentes de todos os seres vivos.

Uma grande variedade de animais faz parte da classe dos mamíferos, desde os gatos até os seres humanos e as baleias. Há cerca de 5 mil espécies, ou tipos, de mamíferos. Mais da metade dessas espécies é constituída de roedores, um grupo que inclui os camundongos e os esquilos.

Onde vivem os mamíferos

Os mamíferos são encontrados em praticamente todos os habitats do mundo. Muitos deles vivem em terra firme: no solo, nas árvores ou mesmo debaixo da terra. Alguns mamíferos, como as lontras, os castores e as focas, vivem tanto em terra quanto na água. As baleias, os golfinhos e os peixes-boi são mamíferos que passam a vida inteira na água.

Características físicas

O tamanho dos mamíferos varia muito, de um morcego pequenino a uma enorme baleia. O morcego-do-bambu, das Filipinas, pesa cerca de 1,5 grama. A baleia-azul é o maior animal da Terra. Ela pode medir mais de 30 metros de comprimento e pesar até 180 toneladas.

No entanto, morcegos e baleias são exceções entre os mamíferos. A maioria deles tem quatro patas e se locomove na terra. Os morcegos têm duas asas para voar e duas pernas para agarrar-se ao lugar onde pousam. As baleias têm duas nadadeiras e uma cauda.

Os mamíferos são os únicos animais que produzem leite para alimentar os filhotes. A fêmea tem glândulas especiais chamadas glândulas mamárias. Depois que a mãe dá à luz, as glândulas mamárias produzem leite. A mãe alimenta os filhotes com esse leite até que estejam grandes o bastante para se alimentar sozinhos.

Todos os mamíferos possuem pelos ou cabelos em algum estágio da vida. Isso os ajuda a se manter aquecidos. A cor e o padrão da pelagem também ajudam muitos deles a camuflar-se, o que é útil para despistar os predadores. Em alguns mamíferos, o pelo assume formatos diferentes. Os pelos do porco-espinho têm a forma de espinhos afiados. Os bigodes do gato são pelos especiais, extremamente sensíveis ao toque.

Os mamíferos são animais de sangue quente, ou seja, eles mantêm a temperatura do corpo independentemente da temperatura ambiente. Isso lhes permite viver em uma ampla variedade de climas.

O cérebro dos mamíferos é altamente desenvolvido e o órgão mais complexo de que se tem conhecimento. Ele permite a esses animais aprender com a experiência e adaptar seu comportamento de acordo com a situação.

Comportamento

Os mamíferos jovens aprendem com os pais muito de seu comportamento, como a habilidade de caçar. Alguns jovens afastam-se e vão viver por conta própria logo que crescem, enquanto outros permanecem com a família e o seu grupo pela vida toda.

Indivíduos ou grupos de mamíferos podem viver em áreas chamadas territórios. Esses animais brigam com outros mamíferos da mesma espécie que tentam invadir seu território. Alguns grupos de mamíferos migram de acordo com a estação do ano.

Alguns mamíferos, como os esquilos e os ouriços, hibernam durante o inverno. A hibernação é uma forma de sono profundo, durante a qual a temperatura corporal do animal diminui.

Os mamíferos comem uma grande variedade de alimentos. Aqueles que se alimentam de outros animais são chamados de carnívoros. Os gatos, os cães, as doninhas e as morsas são exemplos de carnívoros. Os mamíferos que se alimentam de plantas, como os cervos, os bois e os elefantes, são chamados de herbívoros. Os mamíferos que comem tanto carne quanto vegetais são chamados de onívoros. Entre os onívoros estão os guaxinins, os ursos e os primatas.

Reprodução

Os mamíferos se reproduzem por acasalamento. Em quase todas as espécies de mamíferos, a fêmea carrega o filhote em desenvolvimento dentro do corpo após o acasalamento. O filhote desenvolve-se no interior de um órgão chamado útero, que fica dentro do corpo da mãe. Ali, ele recebe alimento por meio do corpo da mãe.

A gestação (período em que a mãe carrega o filhote dentro do útero) varia entre as espécies. A gestação dos hamsters dura cerca de duas semanas. Já entre os elefantes pode chegar a 22 meses. A gravidez dos seres humanos dura cerca de nove meses.

No nascimento, os filhotes de algumas espécies são bem desenvolvidos e já podem se locomover. Por exemplo, cavalos e camelos recém-nascidos conseguem andar poucas horas após o nascimento. Em outras espécies, como os coelhos e a maioria dos roedores, os filhotes nascem cegos, sem pelos e indefesos.

Os marsupiais são mamíferos que dão à luz filhotes que ainda não estão completamente desenvolvidos. Eles têm gestações curtas, de cerca de seis semanas. Após o nascimento, o jovem marsupial arrasta-se para uma bolsa na barriga da mãe. O bebê fica ali por vários meses e se alimenta do leite materno até seu desenvolvimento estar completo. Os cangurus e os coalas são exemplos de marsupiais.

Os ornitorrincos e as equidnas são os únicos mamíferos que botam ovos. Depois que nasce do ovo, o filhote se alimenta do leite da mãe, como todos os outros mamíferos.

Seres humanos e outros mamíferos

Há tempos os seres humanos dependem de outros mamíferos para obter carne e leite. Eles também usam couro e pele de mamíferos para confeccionar roupas e outros objetos. Além disso, os homens domesticaram, ou domaram, muitas espécies de mamíferos. Os cavalos e outros animais domados nos transportam e auxiliam nas atividades agrícolas. Os gatos e os cães domesticados são animais de estimação.

Hoje, porém, muitos mamíferos disputam alimento e espaço com os seres humanos. Como resultado disso, muitas espécies foram extintas ou existem apenas em zoológicos, enquanto outras estão ameaçadas por causa da caça e da destruição de seu habitat.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.