Situado entre a Grécia e a Turquia, o mar Egeu é um braço do mar Mediterrâneo. A região foi berço de duas civilizações antigas, a grega e a cretense (da ilha de Creta).

O Egeu tem cerca de 610 quilômetros de extensão por 300 de largura. A nordeste, liga-se ao mar Negro pelo mar de Mármara, onde ficam os estreitos do Bósforo e dos Dardanelos. Entre a Grécia e o litoral da Ásia existem centenas de ilhas formadas por picos de montanhas pertencentes a um bloco de terras submersas conhecido como Egeia.

Por ser pobre em nutrientes, o Egeu tem poucas plantas. As águas mais quentes, contudo, atraem os peixes do mar Negro na época da procriação.

Os principais produtos das ilhas do mar Egeu são vinho, trigo, azeite, figos, passas, mel, vegetais, mármore e minerais. A pesca e o turismo também são importantes. Os visitantes apreciam os vilarejos de casas brancas e as ruínas de antigas civilizações.

Os estudiosos acreditam que os primeiros habitantes chegaram ao Egeu há cerca de 15 mil anos. No século I a.C., o Império Romano passou a controlar o Egeu e o Mediterrâneo. Mais tarde a região pertenceu ao Império Bizantino, depois ao Império Otomano, até se tornar parte da Grécia, quando o país se libertou do domínio turco e se tornou independente.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.