Moda é uma palavra usada para se referir a um estilo popular em determinada época e lugar. O termo geralmente é utilizado quando o assunto é roupa, mas pode ser aplicado a uma grande variedade de coisas, como cortes de cabelo, enfeites domésticos e automóveis.

A moda influencia as pessoas em diferentes graus. Algumas pessoas — especialmente as celebridades — gastam muito tempo e dinheiro para ficar na moda. Para elas, é importante seguir as últimas tendências. No mundo profissional, alguém que trabalha em contato direto com os clientes talvez se preocupe mais com os trajes que usa do que alguém que passa boa parte do dia sozinho. Algumas pessoas não ligam para a moda e preferem comprar itens mais baratos ou dos quais elas realmente gostem.

A moda em mudança

A moda muda constantemente, mas nem sempre na mesma velocidade. Alguns itens saem de moda rapidamente, enquanto outros continuam populares durante bastante tempo. Empresas gostam de mudanças, pois elas criam demanda por novos itens. Por exemplo, se blusas listradas eram populares no ano passado e continuam populares este ano, talvez os consumidores não sintam necessidade de comprar blusas novas. Porém, se este ano as blusas de uma só cor são o estilo popular, todos os consumidores que se preocupam em seguir a moda vão querer comprar roupas novas.

É comum que estilos do passado voltem à moda mais tarde. Calças boca de sino e homens de cabelos longos, por exemplo, são tendências que entraram e saíram de moda em mais de uma geração.

Influências da moda

Desfiles de moda são eventos em que estilistas apresentam suas novas criações: roupas, penteados, maquiagem e joias. Os desfiles geralmente acontecem em lugares como França, Itália e Nova York. A maioria das pessoas não tem dinheiro para comprar os itens mostrados nos desfiles, mas às vezes os estilistas vendem suas ideias para a indústria. Empresas então criam uma versão mais barata do mesmo item e o fabricam em grandes quantidades, para ser vendido ao público em geral.

É comum as pessoas se voltarem para a mídia em busca de dicas de moda. Filmes, grupos musicais, programas de televisão e livros são fontes de inspiração. Há também muitas revistas especializadas em mostrar as últimas tendências da moda. Nos Estados Unidos do século XIX, a publicação Godey’s Lady’s Book era bem conhecida pelas ilustrações de trajes e pelas gravuras de decoração de interiores. A Vogue e a Gentleman’s Quarterly (mais conhecida como GQ) são apenas dois exemplos dentre as diversas publicações que mantêm os leitores informados sobre o mundo da moda.

Pessoas famosas sempre foram um grande determinante da moda. No início dos anos 1960, mulheres ostentavam chapéus do tipo pillbox e penteados bufantes no estilo de Jacqueline Kennedy, esposa do presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy. O famoso programa de televisão Miami Vice, na década de 1980, levou muitos homens a combinar camiseta e paletó. Na década de 1990, muita gente calçou os tênis Air Jordan, tentando igualar-se ao astro do basquete Michael Jordan. No Brasil, as telenovelas são uma constante fonte de influência. Muita gente gosta de imitar o estilo dos personagens das histórias, ou dos atores e atrizes na vida real.

Acontecimentos históricos também influenciam a moda. À medida que mais mulheres começaram a trabalhar na indústria durante a Segunda Guerra Mundial (1939–45), o uso de calças e shorts se popularizou entre elas. Além de permitir maior liberdade de movimentos, essas roupas eram mais seguras para uso dentro das fábricas, já que saias e vestidos podiam facilmente ficar presos nas máquinas. Na década de 1960, os movimentos a favor da igualdade levaram muitas pessoas a optar por itens simples, como a calça jeans. Esse estilo descontraído refletia o ideal de tratar as pessoas de maneira igualitária, independentemente de raça, sexo ou classe social.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.