O monte Etna é o vulcão mais elevado em atividade na Europa. Fica na Sicília, uma ilha do mar Mediterrâneo que faz parte da Itália. Mede cerca de 3.350 metros de altura e tem uma base de aproximadamente 150 quilômetros de diâmetro.

O Etna é um vulcão ativo há mais de 2,5 milhões de anos. Os antigos gregos criaram lendas a seu respeito. De acordo com uma delas, ele foi o fruto do trabalho de Hefesto, o deus do fogo, e Ciclope, um gigante de um olho só.

Foram registradas 71 erupções do Etna entre 1500 a.C. e 1669 d.C. O fluxo de lava de uma grande erupção em 1669 destruiu doze vilarejos e cobriu parte da cidade de Catânia. O vulcão entrou outras 26 vezes em erupção entre 1669 e 1900 e voltou a fazê-lo com frequência depois disso. Em 1983, durante uma erupção que durou quatro meses, as autoridades explodiram dinamite para mudar o fluxo da lava e evitar danos para as cidades vizinhas. O monte Etna também teve várias erupções violentas no começo do século XXI.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.