A montanha mais alta do Japão é o monte Fuji, ou Fuji-Yama, com 3.776 metros de altura. Trata-se de um vulcão, cuja última erupção aconteceu em 1707. Situado na ilha de Honshu, perto da costa do oceano Pacífico, o monte Fuji fica 100 quilômetros a oeste de Tóquio, a capital do Japão.

Muitos japoneses consideram que o monte Fuji é sagrado; seu nome quer dizer “vida eterna”. A montanha é cercada por templos e santuários. Desde o século IX, o Santuário de Sengen (ou Asama), no lado oeste, é o principal local de devoção. A cidade de Fujinomiya se desenvolveu em volta do santuário.

Escalar o monte Fuji é uma antiga prática religiosa. Hoje, o lugar atrai multidões, principalmente durante o período de escaladas, de 1° de julho a 26 de agosto. Cidades como Fuji e Gotemba, no pé da montanha, costumam hospedar os alpinistas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.