Localizado no nordeste da Tanzânia, o pico do monte Kilimanjaro é o ponto mais alto da África. Embora fique nos trópicos, permanece coberto de gelo e neve o ano todo.

O monte Kilimanjaro é formado por três vulcões inativos. O Kibo fica no centro, o Mawensi no leste, e o Shira no oeste. O Kibo, o mais alto, atinge a altura de 5.895 metros; o Mawensi chega a 5.149 metros, e o Shira a 3.962 metros. Densas florestas cobrem partes das áreas mais baixas. Elefantes, búfalos, macacos e antílopes semelhantes aos bois, chamados elandes, vivem nas florestas.

As pessoas vivem apenas nas encostas mais baixas. Elas cultivam bananas, milho miúdo e café, além de criar gado. Nas colinas do sul e do leste, o povo chaga desenvolveu um sistema de irrigação para suas plantações.

Os europeus conheceram o Kilimanjaro quando missionários alemães o avistaram, em 1848. Os homens que o escalaram pela primeira vez alcançaram o pico do vulcão Kibo em 1889. Todos os anos, milhares de alpinistas tentam escalar o Kibo. A cidade de Moshi, no sopé sul da montanha, costuma funcionar como base para eles.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.