Na mitologia da Grécia e da Roma antigas, as musas eram nove deusas irmãs que davam inspiração às pessoas na criação artística e científica. Antes de iniciar qualquer grande trabalho, os poetas ou compositores da Antiguidade pediam ajuda às musas. A palavra “museu” vem da palavra grega museiom, que significa “lugar das musas”.

De acordo com a lenda, o pai das musas era Zeus, o rei dos deuses. Sua mãe era a deusa da memória, chamada Mnemósine. As musas, nos mitos, com frequência eram companheiras de Apolo, o deus da música e da profecia (a predição do futuro).

Dizia-se que as nove musas ajudavam as pessoas a cantar, dançar e escrever poesia. Cada uma delas possuía um dom especial: história, poesia, música, música sacra, tragédia, comédia, dança, astronomia e eloquência. Estátuas de musas eram objetos decorativos comuns na Grécia e da Roma antigas. Os escultores muitas vezes retratavam cada musa segurando um símbolo de sua especialidade.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.