Uma nuvem resplandecente no céu em um dia de sol pode ser uma visão muito bonita, mas há momentos em que uma nuvem pode ser o sinal de uma tempestade que chega. Uma nuvem é feita de milhões de minúsculas gotículas de água ou de cristais de gelo flutuando juntos no ar.

O ar sempre contém vapor de água — água em estado gasoso —, que é invisível. A quantidade de vapor de água que o ar pode conter depende da sua temperatura. Quanto mais frio ele está, menos água pode suportar. Quando o ar esfria, uma parte da água se condensa, ou forma gotas de água visíveis. As gotículas se formam em torno de pequenas partículas que ficam no ar, que podem ser de poeira ou de sal marinho, por exemplo. Perto do chão, o vapor de água condensado se torna neblina. No alto do céu, forma nuvens.

O ar esfria conforme sobe, assim as nuvens se formam quando o ar quente e úmido sobe. O ar é forçado para cima quando é soprado contra uma montanha. Ele também sobe quando a terra fica muito quente. Às vezes, as nuvens se formam quando uma massa de ar frio encontra uma massa de ar quente e úmido. O ar quente fica por cima do ar frio, fazendo o ar quente esfriar e levando as nuvens a se formar. Umas vez formadas, as nuvens permanecem no céu até o ar se aquecer ou a chuva cair.

Os meteorologistas (pessoas que estudam o clima) classificam as nuvens de acordo com a sua aparência. Os três principais tipos de nuvens se chamam: cirros, cúmulos e estratos. Os cirros são nuvens altas, finas e feitas de cristais de gelo. Os cúmulos são nuvens fofas e normalmente se amontoam como montanhas. Os estratos se formam em camadas. Os cientistas combinam esses três termos com outros — incluindo “nimbo”, que em latim significa “aguaceiro”, ou “chuva”— para descrever dez tipos diferentes de nuvens. Por exemplo, cúmulos-nimbos são enormes nuvens que se amontoam e provocam trovoadas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.