Os ocapis são mamíferos de casco que estão emparentados com as girafas. Eles são encontrados apenas nas florestas da República Democrática do Congo, na África. Os cientistas só descobriram o ocapi ao redor do 1900.

Comparados às girafas, os ocapis são mais baixos e têm um pescoço mais curto. As fêmeas, que são maiores que os machos, medem cerca de 1,5 metro até os ombros. A pelagem do animal é suave e marrom profundo, quase roxo. As ancas, coxas e topos das patas dianteiras têm listras como as das zebras. As partes inferiores das pernas são brancas, com anéis pretos acima dos cascos. O olhos e as orelhas do ocapi são grandes. Os lados do rosto são de uma cor avermelhada. Os ocapis têm línguas longas que podem usar para pegar as folhas e os frutos com os quais se alimentam. O macho tem chifres curtos cobertos de pele, exceto nas pontas.

O ocapi é um animal tímido que vive no meio de mata densa e evita as pessoas. Ele vive principalmente por conta própria. As fêmeas protegem suas crias, mantendo-as em um lugar seguro durante as primeiras semanas depois do nascimento.

Como muitos outros animais nas florestas tropicais, os ocapis estão em perigo de perder seu habitat por causa das atividades dos seres humanos. Algumas pessoas cortam as árvores nas florestas em que vivem os ocapis e os caçam. Em 1990, foi criada a Okapi Wildlife Reserve, uma reserva que protege os ocapis e outros animais. Também recebem proteção os povos indígenas que vivem na floresta tropical de Ituri, perto do rio Congo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.