Cerca de metade das espécies de aves são pássaros canoros, os quais têm, por sua vez, cerca de 4 mil espécies, todas pertencentes a um enorme grupo. Muitos tipos de pássaros canoros cantam belas e complexas melodias, mas alguns não cantam muito nem têm voz agradável. O que eles têm em comum são os órgãos vocais altamente desenvolvidos. Entre os mais conhecidos estão o sabiá, o uirapuru, o coleirinha, o canário, o cardeal, o tordo, o melro, o azulão, o rouxinol, o pardal e a andorinha.

Os pássaros desse grande e variado grupo podem ser encontrados praticamente no mundo todo. Eles vivem em diferentes tipos de ambiente.

Características físicas

Os pássaros canoros costumam medir de 12,5 a 20 centímetros, embora alguns possam ser menores ou maiores que isso. A estrutura dos pés permite que eles se agarrem aos galhos. Em cada pé, três dedos são virados para a frente e um dedo é virado para trás.

A caixa de voz é o órgão no peito do pássaro que produz o som. Ao cantar, ele faz o ar passar por essa caixa de voz. Os pássaros possuem caixas de som complexas e vários conjuntos de músculos para controlá-las. Alguns pássaros emitem um som curto, ou simples chamados, como o crocitar do corvo. Outros produzem longas e variadas melodias. Alguns, como o japim, imitam o canto de outros pássaros.

Comportamento

Os pássaros cantam por vários motivos, especialmente durante a temporada de acasalamento. O canto indica que estão prontos para acasalar. Eles podem ainda emitir uma variedade de sons para se comunicar com seus parceiros e filhotes. Muitas aves cantam em pontos diferentes na fronteira de seu território para impedir que outros pássaros o invadam. Em muitas espécies, apenas os machos são capazes de cantar melodias elaboradas.

Conforme a espécie, os pássaros canoros comem alimentos diversos, como insetos, frutas e sementes. Muitas espécies são conhecidas por construir ninhos bem complexos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.