Parasita é um organismo, ou ser vivo, que vive sobre outro organismo ou dentro dele. O parasita depende do outro organismo para se alimentar e para outras funções que garantem sua sobrevivência. Sua vítima é chamada de hospedeiro, sendo, em geral, bem maior do que o parasita.

Diferentes tipos de parasita têm efeitos diversos sobre seus hospedeiros. Alguns parasitas causam doenças. Outros causam dor. Uns passam quase despercebidos por seus hospedeiros. No entanto, a relação básica é sempre a mesma: boa para o parasita e nociva para o hospedeiro.

Tipos de parasita

Há parasitas em todos os grupos principais de matérias vivas. Vírus, bactérias, protozoários, fungos, plantas e animais podem viver como parasitas.

Todos os vírus e muitas bactérias são parasitas que vivem dentro das células do corpo do hospedeiro. Entre as doenças causadas por vírus estão o sarampo, a catapora e a aids. Bactérias parasíticas podem causar desde acne até peste bubônica.

Protozoários são organismos unicelulares que vivem sozinhos ou como parasitas em animais. Entre os milhares de tipos de protozoários, um terço deles é parasítico. Os protozoários do grupo dos plasmódios causam malária.

Fungos parasíticos atacam plantas e animais. Ferrugens, mofos e carvões são fungos parasíticos que causam doenças em plantas. Nos seres humanos, eles causam doenças cutâneas, isto é, da pele, como tinha e pé de atleta.

Alguns tipos de planta vivem como parasitas em outras plantas. O visco, por exemplo, cresce em árvores que usa como apoio, além de lhes extrair alguns nutrientes.

Animais parasíticos vivem sobre o hospedeiro ou dentro dele. Certos vermes formam um grande grupo de parasitas animais. Muitos vivem no sistema digestório de seu hospedeiro e se alimentam da comida que passa por ali. Pulgas e piolhos são insetos parasíticos que vivem no corpo de mamíferos e aves.

Disseminação de parasitas

Os parasitas podem passar de um hospedeiro para outro através do ar, da água, de alimentos contaminados e de fezes. Alguns parasitas dependem de um terceiro organismo para contaminar seu hospedeiro. Os protozoários plasmódios, por exemplo, se disseminam por meio da picada de certos mosquitos. Outros parasitas passam através de mais de um hospedeiro, a exemplo dos nematódeos, que causam a doença chamada triquinose. Seus primeiros hospedeiros são os porcos; depois, eles são transmitidos para as pessoas que comem carne suína mal cozida.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.