Muitos tipos de pássaros canoros (aves que cantam) de coloração marrom ou acinzentada são chamados de pardais. Eles estão entre as aves mais conhecidas do mundo e vivem em vários lugares, como cidades, fazendas, pastagens, florestas e pântanos. Na verdade, são os pássaros que apresentam maior distribuição geográfica no mundo. Os pardais alimentam-se principalmente de sementes e de insetos.

Em sua maioria, os pardais são bastante parecidos entre si. Todos têm o bico cônico, usado para esmagar as sementes. Seu corpo é pequeno e apresenta vários padrões e listras. Por exemplo, o pardal-doméstico tem cerca de 12 a 15 cm de comprimento. A parte superior de seu corpo é marrom ou marrom-avermelhada, e a parte inferior é cinza. No macho, a garganta e a região em volta dos olhos são pretas. O pardal-canoro tem quase o mesmo tamanho que o pardal-doméstico, podendo ser ligeiramente maior. As asas e a cauda são marrom-avermelhadas. O peito é branco com muitas listras escuras, às vezes com uma mancha preta no centro.

Apesar das semelhanças, nem todos os pardais têm parentesco próximo. Há dois grupos principais de pardais: os do Velho Mundo e os do Novo Mundo. Esses grupos pertencem a famílias separadas.

Pardais do Velho Mundo

Os pardais do Velho Mundo vêm da Europa, da Ásia e da África. Todavia, alguns tipos se espalharam para outras áreas. Por exemplo, o pardal-doméstico é um pardal do Velho Mundo atualmente comum em quase todo o globo. Em muitos lugares, é também chamado de pardal-inglês. Geralmente as pessoas consideram essa ave barulhenta, agressiva e uma peste, pois ela rouba o ninho dos azulões e de outras aves canoras. Outros pardais do Velho Mundo são o pardal-eurasiano e o pardal-castanho.

Pardais do Novo Mundo

Os pardais do Novo Mundo são encontrados tanto na América do Norte como na América do Sul. São parentes dos tentilhões, dos trigueirões e dos cardeais. O pardal-canoro é uma ave do Novo Mundo, assim chamada por seu canto complexo e bastante musical. Entre os muitos tipos de pardais do Novo Mundo estão o pequeno pardal-de-crista-vermelha, o pardal-da-savana e o pardal-de-árvore-americano.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.