Os perus são aves grandes que podem ser encontradas na natureza ou criadas em cativeiro, para servir de alimento. Há duas espécies conhecidas de peru: o domesticado (ou comum) e o selvagem (ou peru-ocelado).

O peru comum prefere ambientes de temperatura amena. Em geral, ele possui penas pretas misturadas a outras de cor verde ou bronze. A cabeça e o pescoço são ásperos, vermelhos e sem penas. Os machos possuem um tipo de pele vermelha que cresce na testa. As fêmeas emitem pequenos estalidos, e os machos fazem um gorgolejar característico, às vezes acompanhado da abertura da cauda, em forma de leque.

Alguns perus comuns vivem na natureza, preferindo florestas e pântanos. Eles podem ser encontrados no México e em partes do sul dos Estados Unidos. Os machos pesam cerca de 10 quilos, mas as fêmeas são bem menores. Esses perus conseguem voar, porém apenas distâncias curtas.

Perus comuns também podem ser criados em granjas para abate. Essas aves são normalmente mais pesadas e não conseguem voar. Suas penas costumam ser brancas.

O peru-ocelado pode ser encontrado na América Central. Ele é bem menor que o peru comum. Sua cabeça é azul e o pescoço é vermelho, com saliências amarelas. As penas da cauda são salpicadas de azul e dourado, como as do pavão. O peru-ocelado não é criado em cativeiro para alimento.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.