Os pica-paus fazem buracos nas árvores para encontrar os insetos que lhes servem de alimento. Na maioria, eles vivem em florestas, passando a maior parte da vida nas árvores.

Existem cerca de 180 espécies, ou tipos, de pica-paus. Eles têm muitas características em comum com os pássaros canoros, mas os cientistas os classificam em um grupo diferente, na ordem dos piciformes. Eles são parentes dos tucanos.

Os pica-paus vivem praticamente no mundo inteiro, mas o maior número deles encontra-se na América do Sul e no sudeste da Ásia.

Os pica-paus medem de 15 a 46 centímetros. Em geral são pretos e brancos, com manchas vermelhas ou amarelas na cabeça.

A maioria dessas aves voa em mergulhos curtos. Cada um dos pés têm dois dedos voltados para a frente e dois para trás. Isso os ajuda a escalar troncos de árvores. As penas da cauda, que são fortes e rígidas, os ajudam a manter-se presos à casca da árvore. A língua comprida e pegajosa serve para capturar insetos.

A maioria dos tipos de pica-pau alimenta-se de insetos encontrados na casca das árvores. Normalmente, isso não afeta nem fere a árvore. Na verdade, os pica-paus comem os insetos que são prejudiciais às árvores. Alguns tipos alimentam-se de frutas, outros da seiva das árvores e outros, ainda, de formigas no solo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.