Centenas de milhares de espécies de plantas vivem na Terra. Algumas são tão pequenas que mal se consegue vê-las. Outras são árvores que crescem a ponto de ficar da altura de edifícios.

As plantas precisam de luz do Sol, água e ar para crescer. São incapazes de se locomover, e suas células têm paredes rígidas constituídas de um material resistente, a celulose. Além disso, elas fabricam o próprio alimento através de um processo denominado fotossíntese. Para isso, utilizam energia do Sol, água e dióxido de carbono (também chamado de gás carbônico).

Onde as plantas crescem

Quase todos os lugares do planeta têm plantas, e quase todas as plantas crescem no solo, de onde retiram a água e os nutrientes de que precisam. Algumas plantas, no entanto, não necessitam de terra. As chamadas epífitas crescem em superficies duras, como rochas, ou em cima de outras plantas, obtendo água e nutrientes da chuva e do ar. Outras plantas boiam em meios aquáticos, e algumas (como as parasitas) vivem sobre outras plantas, extraindo nutrientes delas.

Tipos

Todas as plantas pertencem a um dos dois grupos principais: o das vasculares e o das não vasculares. As plantas vasculares têm tecidos especiais, o xilema e o floema, que conduzem água e alimento. Além disso, elas também têm raízes, caules e folhas. São exemplos de vegetais vasculares os arbustos, as árvores (que têm caule lenhoso) e as plantas herbáceas (que possuem caule flexível).

As plantas não vasculares não possuem xilema nem floema, tampouco raiz, caule ou folhas verdadeiras. Entre elas estão os musgos, as hepáticas e os antóceros. Essas plantas geralmente são pequenas e crescem em lugares úmidos.

Reprodução

As plantas se reproduzem ou por sementes ou por esporos, que são pequenas estruturas que se desenvolvem nelas e depois se desprendem, dando origem a novas plantas. As sementes são maiores e mais complexas que os esporos. O pólen é a substância que faz as plantas produzirem sementes.

A maioria das plantas vasculares reproduz-se por sementes, e a maior parte das que têm semente dá flor. Os frutos crescem a partir das flores, e as sementes se desenvolvem dentro dos frutos.

Outros tipos de plantas vasculares não dão flor nem fruto. Nas plantas chamadas coníferas, as sementes se formam dentro de cones. Exemplos de coníferas são os pinheiros e os abetos.

As plantas não vasculares e algumas vasculares, como a samambaia, reproduzem-se por esporos.

Algumas plantas são capazes de se reproduzir sem sementes ou esporos, usando o caule, as folhas ou outra parte para gerar uma nova planta. Um exemplo disso é o caule do morangueiro. Ele cresce ao longo do solo e então cria raízes que acabam formando novas plantas. Esse processo é chamado de reprodução vegetativa.

Importância

As plantas são essenciais para a vida na Terra, pois fornecem alimento e oxigênio para outros seres vivos.

As plantas são úteis para o homem de inúmeras maneiras. São usadas para fazer comidas e bebidas e também como aromatizantes. Podem-se construir casas com a madeira e outras partes das plantas. A madeira também pode ser queimada para aquecer ambientes e gerar energia. Muitas das fibras usadas na fabricação de roupas vêm das plantas, especialmente o algodão. Outros produtos feitos a partir das plantas incluem medicamentos, papel, chiclete, rolhas, borracha e manteiga de cacau.

As pessoas também usam plantas para decoração, montando arranjos de flores em vasos e canteiros. Além disso, plantam árvores e cultivam jardins para criar um ambiente agradável.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.