Animal de estimação bastante querido, o porquinho-da-índia é, também, um animal valioso para pesquisas científicas. Por isso é também conhecido pelo nome de cobaia. Várias outras espécies, ou tipos, desse pequeno roedor vivem na natureza.

O porquinho-da-índia tem o corpo gordinho e orelhas pequenas, mas não possui cauda. Ele alcança cerca de 20 a 40 centímetros de comprimento e pesa entre 500 gramas e 1,5 quilo. Suas patas da frente têm quatro dedos e as de trás têm três. Cada dedo tem uma garra afiada na ponta.

O porquinho-da-índia selvagem é encontrado na América do Sul. Vive perto de florestas e pântanos e em terras de vegetação baixa e solos rochosos. Ele tem o pelo longo, grosso, cinzento ou marrom e passa o dia em buracos embaixo da terra chamados tocas. À noite, sai para comer gramíneas e folhas.

O porquinho-da-índia doméstico pode ter pelo longo, curto, sedoso, grosso ou macio. Ele pode ser preto, branco, cor de caramelo, creme ou marrom. Alguns apresentam uma combinação dessas cores. Como seus parentes selvagens, o porquinho-da-índia doméstico come plantas.

O porquinho-da-índia é criado como animal de estimação em diversas partes do mundo porque é manso e quase não morde. Índios da América do Sul criam porquinhos-da-índia para comer.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.