Um programa é um plano detalhado para realizar tarefas ou solucionar um problema, usando um computador. O nome usado para designar esse plano é “algoritmo” — ou seja, uma sequência de instruções dadas, usando comandos da linguagem de programação escolhida. Esta, após ser traduzida para a linguagem da máquina, fará o computador realizar o que se deseja.

História

A ideia de programa como a entendemos hoje foi criada pelo matemático húngaro John von Neumann, durante a Segunda Guerra Mundial. O primeiro computador digital resultou de encomenda do governo americano para resolver equações de tiro dos canhões navais, e foi chamado ENIAC. Ficou pronto mas acabou não sendo utilizado durante a guerra.

Linguagens de programação

Para preparar um programa, a tarefa a ser “programada” tem de ser decomposta em pequenos passos, então colocados em linguagem apropriada. Essa linguagem é traduzida para um programa específico para cada processador. Essa tradução resulta num programa em linguagem de máquina, assim denominada porque é excessivamente detalhada para ser memorizada pelas pessoas. As linguagens mais próximas do falar, ditas de alto nível, são chamadas, simplesmente, de linguagens de programação. Existem muitas — entre elas, pela aceitação que alcançaram, destacam-se as chamadas COBOL, FORTRAN e Pascal. De certo modo, os programas Word e Excel são linguagens de programação.

Os computadores demandam vários programas para facilitar a vida do usuário. Esse conjunto é conhecido como sistema operacional, como o Windows, por exemplo. Os sistemas operacionais chamam as linguagens de programação escolhidas, cumprem a ordem para transformar os comandos em instruções executáveis e permitem o gerenciamento dos recursos do computador. Com a tecnologia atual, os sistemas operacionais ainda apresentam defeitos que tornam o uso adequado do computador muitas vezes mais difícil do que dirigir um carro.

A utilização de computadores caminha, maciçamente, para o emprego de programas feitos por profissionais, chamados programas aplicativos, sendo difícil um usuário comum programar a solução de um problema específico.

A máquina e o pensamento

Para distinguir partes importantes de um computador, os programas costumam ser chamados de software e os equipamentos de hardware. Um precisa do outro. O software, de muitas formas, programa o que se quer; ele é corresponde às ideias, aos conceitos que desejamos ou queremos que o computador concretize. O hardware, que é fixo e consiste na parte física do computador, executa o programa. Um programa colocado na memória interna (RAM) faz a máquina executar várias instruções que, ao final, produzirão um resultado planejado.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.