Os protozoários, as algas e os mofos limosos pertencem ao reino de seres vivos chamado Protista. Os protistas não são animais, plantas, fungos nem bactérias. Muitos deles são tão pequenos que só podem ser vistos ao microscópio.

Há várias espécies de protistas que vivem na água, tanto na salgada quanto na doce. Outros vivem na terra, e outros ainda, chamados parasitas, vivem dentro do corpo de animais. Muitos protistas são solitários, mas alguns se unem e formam grupos chamados colônias.

Em geral, os protistas são unicelulares, o que significa que são formados por uma única célula. Alguns são compostos por várias células (ou seja, pluricelulares), porém um protista nunca tem mais que um tipo de célula.

Alguns protistas, como os protozoários, comportam-se como animais, pois conseguem locomover-se e alimentam-se de outros seres vivos. Outros protistas, como as algas, comportam-se mais como plantas, pois produzem seu próprio alimento através de um processo chamado fotossíntese.

Os protistas conhecidos como mofo limoso podem agir como animais ou como fungos. Às vezes, o mofo limoso movimenta-se como um ser unicelular, como fazem os protozoários. Outras vezes, porém, suas células agrupam-se, formando uma camada limosa que se espalha pelo solo de florestas e de outras superfícies. Esse mofo se alimenta de plantas em decomposição e de outros organismos vivos. Às vezes, o mofo limoso desenvolve pequenos talos. Esses talos criam esporos, da mesma maneira que acontece com os fungos. Os esporos são unidades minúsculas que se transformam em novas células de mofo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.