O quivi é uma das aves que não voam. Seu nome também pode ser escrito “kiwi”. Ele é o símbolo nacional da Nova Zelândia, onde sua imagem aparece em notas de dinheiro, selos e placas nas estradas. A fruta e o pássaro chamados igualmente “quivi”, ou “kiwi”, ganharam o mesmo nome por serem bastante parecidos na cor e porque a forma da fruta lembra muito a do corpo do pássaro.

Existem diversas espécies de quivis, encontradas em diferentes partes — principalmente em áreas florestais — das ilhas que formam a Nova Zelândia.

Os quivis são marrom-acinzentados e têm o tamanho de uma galinha. Têm asas, mas elas são muito pequenas e ficam escondidas entre as penas. Na ponta do seu bico longo e flexível estão localizadas as narinas e, na base dele, têm longos bigodes. Suas pernas são fortes, cada uma com quatro dedos dotados de garras relativamente poderosas.

Durante o dia os quivis dormem em tocas, e à noite saem para procurar alimento, usando o olfato para encontrá-lo. Eles se alimentam de frutas e de vermes, além de devorar insetos e suas larvas.

A cada ano, a fêmea bota um ou dois ovos brancos, que são grandes se comparados com o tamanho do pássaro. Ela põe os ovos em um buraco e seu parceiro cuida deles até que os filhotes saiam da casca. Os filhotes saem do ovo já com penas, olhos abertos e alimento suficiente na barriga para sobreviver por uma semana. Depois disso, começam a procurar sozinhos pela comida.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.