A reciclagem é uma maneira de reduzir a quantidade de lixo produzida e de diminuir o desperdício de matéria-prima e energia. Todos os anos, o Brasil gera milhões de toneladas de lixo, que são enviadas para aterros sanitários (terrenos usados como depósito de lixo). Alguns resíduos de lixo poluem a terra e o ar. Quando reciclamos, o que seria jogado fora é reaproveitado e transformado em novos produtos. A reciclagem é um dos principais elementos do conceito de sustentabilidade.

O que pode ser reciclado

No Brasil, reciclam-se papel, metal, vidro e plástico. Esses quatro itens incluem inúmeros objetos, como garrafas e embalagens de vidro e de plástico, jornais, revistas e latas de alumínio.

A compostagem também é uma forma de reciclagem. A compostagem consiste em misturar certos restos orgânicos, como resíduos de comida, grama cortada e folhas podadas. Isso cria uma mistura rica em nutrientes que pode ser usada para adubar plantas em vasos e jardins.

Até a água pode ser reciclada. Antes, porém, é preciso limpá-la e purificá-la em uma estação de tratamento.

Tipos de reciclagem

Existem dois tipos de reciclagem: a interna e a externa. Na primeira, os produtos que sobram nos processos industriais são reaproveitados na mesma fábrica que os produz. Por exemplo, quando um tubo de cobre é fabricado, suas pontas são cortadas; depois, elas são derretidas e usadas para fazer novos tubos.

A reciclagem externa é feita a partir da coleta (nos prédios, nas casas e nas empresas) de material reaproveitável. Esse material é levado para as usinas de reciclagem, onde é selecionado e limpo para ser vendido. As indústrias que compram material reciclado o utilizam na fabricação de novos produtos.

Importância da reciclagem

A reciclagem é importante porque reduz a poluição do ar, da água e do solo, bem como ajuda a proteger os recursos naturais, como as árvores, os minérios e o petróleo. Além disso, gera empregos e estimula a criatividade e a responsabilidade. No Brasil, algumas pessoas vivem da coleta de material para reciclagem, especialmente papel e latas de alumínio. Embora a reciclagem de alumínio não seja obrigatória por lei no país, o Brasil vem se mantendo em primeiro lugar na reciclagem desse material desde 2001.

Além da reciclagem, a reutilização é outra forma de evitar o acúmulo de lixo. Diversas campanhas para a reutilização de sacolas plásticas, por exemplo, têm surgido nas últimas décadas. As garrafas “pet” podem ser tanto reusadas — por pessoas que inventam outros objetos com elas — quanto recicladas — por indústrias que fabricam tecido com o material.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.