O território brasileiro é dividido em cinco grandes regiões, de acordo com a divisão definida pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) que passou a constar dos mapas em 1970. Para definir os estados de cada região foram usados critérios ligados ao conjunto de condições naturais que eles têm em comum — clima, relevo, vegetação e hidrografia —, à posição geográfica que ocupam e aos aspectos humanos que envolvem as atividades econômicas e o modo de vida da população.

A região Sul é formada pelos estados do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. É a menor região do país, com uma população de 27.384.815 habitantes (censo de 2010).

Geografia

O relevo apresenta vastos planaltos e planícies estreitas. A vegetação alterna florestas (mata dos pinhais ou de araucárias, mata Atlântica) e campos (campanha Gaúcha ou Pampas).

O clima é subtropical e, por isso, a região registra as temperaturas mais baixas do país.

Duas grandes bacias hidrográficas estão presentes na região, a do rio Paraná e a do rio Uruguai (as duas sendo divisões da bacia Platina). Elas têm rios volumosos com grande potencial hidrelétrico, como o Paraná, onde está instalada a represa de Itaipu. Há, ainda, as bacias secundárias, denominadas bacias do Sudeste-Sul.

População e povoamento

A ocupação do Sul teve início de fato no século XVIII, com os tropeiros vindos de São Paulo e de Minas Gerais e com a imigração de casais açorianos promovida pela coroa Portuguesa. A população acabou mesclando costumes espanhóis, portugueses, negros e indígenas.

Os imigrantes alemães, italianos, russos e poloneses, entre outros, têm grande importância na composição da população sulista e na sua cultura.

Economia

As grandes áreas de pastagens propiciaram o desenvolvimento da pecuária extensiva na região. Na agricultura, entre os produtos mais cultivados estão o arroz, o trigo, o milho, a batata, hortaliças, frutas, a soja etc. O cultivo de uvas para a produção de vinhos também é importante, bem como a indústria de laticínios e de óleos vegetais.

Outra atividade realizada na região é o extrativismo vegetal, para a produção de papel e celulose. Depois do Sudeste, o Sul é a região mais industrializada do Brasil. O turismo se concentra mais no litoral catarinense.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.