O Araguaia é um dos principais rios da região Centro-Oeste. Nele, fica a ilha do Bananal, paraíso ecológico e maior ilha fluvial do mundo.

Com 1.902 quilômetros, o Araguaia é um dos rios mais longos do Brasil. Nasce na serra Caiapó, no Parque Nacional das Emas, no sul de Goiás, e corre para o norte, até desaguar no rio Tocantins. Em seu percurso, compõe parte das fronteiras de Tocantins, Mato Grosso e Pará. Na divisa entre Mato Grosso e Goiás, ele se bifurca para formar a ilha de Bananal.

O Araguaia banha as cidades de Baliza e Aragarças, em Goiás; Araguatins e Araguacema, em Tocantins; Alto Araguaia e Barra do Garça, em Mato Grosso; e Conceição do Araguaia, no Pará. É navegável ao longo de cerca de 1.300 quilômetros, entre Goiás e Tocantins.

Um dos rios mais piscosos (que têm muitos peixes) do Brasil, o Araguaia é comparável aos rios do Pantanal, tanto em volume quanto em variedade de espécies. As principais espécies são tucunaré, piraíba, pirara e cachaça.

Em tupi, Araguaia quer dizer “rio das araras”. De maio a agosto, na época da seca, é possível desfrutar de suas belas praias de areia branca.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.