O rock é um estilo de música popular. Desde os anos 1950, o rock certamente teve mais seguidores e adeptos do que qualquer outro gênero musical.

Com o decorrer do tempo, surgiram diversos estilos e formas de rock. Em geral, as músicas têm ritmo bem marcado; os instrumentos utilizados são basicamente a guitarra, o baixo, a bateria e às vezes o piano ou teclado. Alguns músicos de rock tocam saxofone, trompete ou trombone. Entre os estilos de rock estão o country rock, o heavy metal, o rock alternativo, o punk rock e o rock progressivo.

Origens

O rock surgiu nos Estados Unidos na década de 1950. No início era chamado rock and roll; com o tempo, o nome foi abreviado. O rock foi criado a partir de outros estilos musicais, especialmente da música popular negra (chamada rhythm and blues, que por sua vez era derivada de um estilo mais antigo chamado blues) e da música country. Chuck Berry foi um dos primeiros cantores e compositores a se destacar e Elvis Presley foi o primeiro grande astro (ou superstar). Os principais artistas do início do rock and roll são Little Richard, Bill Haley, Bo Diddley e Buddy Holly. Os adolescentes eram os maiores fãs desse novo gênero musical. As músicas expressavam os sentimentos de uma forma que os jovens achavam autêntica.

A evolução do rock

No final da década de 1950, o rock and roll passou a ser chamado simplesmente de rock e o estilo se difundiu para várias partes do mundo. No começo da década de 1960, vários grupos britânicos se tornaram populares: The Beatles, o grupo de rock de maior sucesso de todos os tempos, The Rolling Stones, The Who e Led Zeppelin. Entre os americanos, os maiores roqueiros da época são os Beach Boys, Bob Dylan, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Grateful Dead e The Doors.

Nos anos 1970, diversos estilos de rock tiveram sucesso, entre os quais o rock progressivo (com os conjuntos Pink Floyd e Genesis), o hard rock (com Deep Purple, AC/DC, Kiss e Aerosmith) e o glam rock, (com David Bowie e Roxy Music). Nos Estados Unidos, o cantor de maior êxito foi Bruce Springsteen e as bandas mais populares foram Eagles e Fleetwood Mac.

No final da década de 1970, surgiu na Grã-Bretanha um movimento chamado punk rock. Muitos artistas ficaram conhecidos pelas letras das músicas, que tratavam de problemas da sociedade da época. Entre os grupos mais importantes estão os Sex Pistols e The Clash.

Nessa mesma época e no começo dos anos 1980, muitos músicos procuraram renovar o rock misturando-o a outros estilos. Criaram um movimento musical chamado new wave (“nova onda”). Um dos conjuntos mais importantes desse estilo foi o Talking Heads. Na Grã-Bretanha, houve um movimento dentro da new wave, com arranjos musicais baseados em teclados e baixo e letras e visual sombrio. Os grupos que se destacaram são The Cure, Depeche Mode e Siouxie and the Banshees.

Ainda na década de 1980, cantores e compositores como Michael Jackson e Prince reaproximaram o rock da música negra americana. Na mesma época, Madonna, R.E.M., Guns ’N’ Roses, U2 e Red Hot Chili Peppers tornaram-se muito famosos. No século XXI, o rock continua inspirando músicos do mundo todo.

No Brasil, o rock começou a fazer sucesso no fim dos anos 1950, com a cantora Celly Campelo. No início da década de 1960, destacaram-se os artistas de um movimento chamado Jovem Guarda, que teve um programa de televisão de mesmo nome comandado por Roberto Carlos. Roberto e Erasmo Carlos foram os principais compositores e cantores da Jovem Guarda.

No fim dos anos 1960 e no começo da década de 1970, o rock brasileiro procurou mesclar esse estilo de música com ritmos brasileiros. Os grupos mais famosos da época são Os Mutantes (com Rita Lee) e Secos e Molhados (com Ney Matogrosso). Na década de 1980, apareceram grupos de muito sucesso, como Titãs, Barão Vermelho (com Cazuza), Legião Urbana (com Renato Russo), Paralamas do Sucesso e Capital Inicial. O rock continua a ser uma música de peso no Brasil.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.