Os roedores são mamíferos com dentes incisivos compridos e pontiagudos, que usam para roer. Mais da metade dos mamíferos da Terra é constituída por roedores. Eles existem em todas as partes do mundo. Ratos, camundongos, esquilos, tâmias, gerbos, hamsters, castores, lemingues, porquinhos-da-índia e porcos-espinhos são roedores.

Esses animais são quase sempre pequenos. Alguns camundongos e arganazes têm apenas 8 centímetros e pesam 20 gramas. O maior roedor é, de longe, a capivara, da América do Sul, que chega a ter 1,30 metro e a pesar mais de 45 quilos.

Os roedores são diferentes dos outros mamíferos porque seus dentes incisivos centrais superiores e inferiores nunca param de crescer durante toda a sua vida. Os roedores passam a maior parte do tempo roendo, ou mordiscando, objetos duros para desgastar esses incisivos. Se eles ficam grandes demais, o animal não consegue comer, e existe até o risco de que os dentes cresçam para trás e o matem, porque podem até penetrar no cérebro.

Alguns roedores tornam-se nocivos porque arruínam as culturas e devoram os grãos armazenados. Roendo sem parar, eles estragam tábuas das casas e dos celeiros ou até fios metálicos de telefone. Alguns roedores transmitem doenças que podem infectar as pessoas.

Mas há também roedores que são úteis. As pessoas usam a pele das nútrias e das chinchilas para fazer roupas, por exemplo. Criam hamsters, porquinhos-da-índia e gerbos como animais de estimação. Os camundongos, os ratos e outros roedores são usados na pesquisa científica, e descobertas benéficas para os seres humanos dependeram da participação deles.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.